Há 15 dias Poda de árvore gera desconforto em moradora

 07/12/2017  - IVE CAROLINE - Da Redação

A A A

A poda de árvores realizada pela Energisa Sul-Sudeste vem causando desconforto, segundo uma moradora da Rua Paulo Marques, na Vila Boa Vista, em Presidente Prudente. De acordo com Alexandra Maria Martins Bueno, foi realizado um corte há 15 dias, depois de um temporal, e os galhos continuam jogados em frente à sua residência, “atrapalhando a passagem pela calçada e jogando sujeira para dentro da casa, além de romper o cabo da internet”, conta.

Conforme Alexandra, esta é a terceira vez em que passa pela mesma situação. Na anterior, ela conta que os resíduos ficaram no local por cerca de 60 dias e, por não serem retirados pela Energisa, a prudentina teve de pagar para uma empresa particular realizar a limpeza.

“O corte dos galhos, desta vez, acabou rompendo o cabo da minha internet e eu fiquei quatro dias sem acesso. Também me preocupo com os riscos de bichos que estes galhos podem ocasionar e, além de atrapalhar a passagem pela calçada, o vento acaba trazendo a sujeira que se acumulou ali para dentro da minha casa”, lamenta a moradora.

Alexandra acrescenta que entrou em contato com a concessionária e que entende a razão e a necessidade dos cortes, principalmente nos períodos de chuva, porém, espera mais agilidade da empresa perante aos problemas com retiradas dos galhos, para que isto não gere maiores transtornos e não atrapalhe a vizinhança.

Em resposta sobre o caso na Vila Boa Vista, a Assessoria de Imprensa da concessionária pediu desculpas pelos transtornos causados aos clientes da Rua Paulo Marques e informa que recolheu os galhos na tarde de ontem, por volta das 17h. A distribuidora esclarece ainda que realiza cortes de galhos de árvores que estão próximas ou em contato com a rede elétrica e podem provocar interrupções de energia durante temporais.

“Após a realização da poda, os galhos são recolhidos e triturados no mesmo dia e local. Apenas em situação de contingência ou emergência, a recolha dos galhos é realizada em até 24 horas. Os galhos podados são triturados por equipamentos trituradores e os resíduos destinados para Etec [Escola Técnica Estadual Professor Dr. Antonio Eufrásio de Toledo], de Presidente Prudente, e viram adubo para a horta experimental da escola”, acrescenta a assessoria.

A concessionária reforça que os clientes que tiverem algum tipo de dúvida podem entrar em contato pelo telefone 0800 70 10 326 ou se dirigir até uma agência de atendimento.

Comentário