Investigação

PM apura conduta de policial flagrado com droga

No sábado, acusado foi flagrado fumando maconha, na Avenida Manoel Goulart, em Prudente; ele tentou fugir, mas foi interceptado

  • 28/11/2018 05:02
  • ROBERTO KAWASAKI e THIAGO MORELLO - Da Redação

A Polícia Militar, por meio da SSP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo), esclarece que vai apurar “com rigor” a ocorrência registrada no sábado, em Presidente Prudente, quando um policial militar foi preso após ser flagrado usando maconha. Por meio de nota, a pasta ainda deixa claro que todas as circunstâncias do caso serão levantadas.

A ação será promovida pela Corregedoria das Instituições, departamento da secretaria, que apura todas as ocorrências. Por fim, a SSP argumentou que “não compactua com desvios de conduta dos policiais”, e que os fatos serão analisados de acordo com os parâmetros legais.

Mas inicialmente, como apurado pela reportagem, o cabo da Polícia Militar transitava em velocidade baixa pela Avenida Manoel Goulart, no sentido centro-bairros, quando foi emparelhado por uma viatura. Na ocasião, os agentes em trabalho viram um homem fumando e sentiram “cheiro forte de maconha”, conforme as informações registradas.

Na sequência, os policiais pediram para que o autor parasse o veículo, um VW/Gol, o que foi negado por ele, que tentou fugir. Foi necessário pedir auxílio de outras viaturas, ainda de acordo com a polícia, para conseguir interceptar o indivíduo. Durante a apreensão, o policial não estava em serviço, e estava acompanhado da namorada. No interior do veículo, foi localizada uma “substância esverdeada”, segundo a PM, com características parecidas da maconha.

O casal foi encaminhado à Delegacia Participativa, onde a ocorrência foi registrada. Lá, o material foi apreendido, bem como o carro do policial, que estava com o licenciamento vencido. O acusado foi autuado por dirigir veículo sob efeito de substância psicoativa.