2,2 mil unidades Pílulas abortivas são apreendidas

 14/11/2017  - ANDRÉ ESTEVES - Da Redação

A A A

Um homem de 43 anos foi preso em flagrante com 2,2 mil pílulas abortivas, na noite de domingo, no km 648 da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Presidente Epitácio. De acordo com informações do policiamento, o indiciado, que era morador da cidade de Pedro Ruan Cabaleiro, no Paraguai, apresentou “respostas desencontradas” a respeito de sua viagem, além de “nervosismo incomum”, motivando a busca no veículo. No bagageiro externo, os policiais encontraram o medicamento dentro de um pote de batatas fritas e em um pacote de erva mate, que estavam guardados em uma mala.

Questionado, o homem declarou que foi contratado por uma pessoa desconhecida para entregar os comprimidos no Rio de Janeiro. Em troca, ele receberia a quantia de R$ 1,5 mil. O indiciado foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal de Presidente Prudente, onde aguarda a audiência de custódia para posterior envio a uma unidade prisional.

O misoprostol, comercializado sob o nome de Cytotec, é recomendado para o tratamento e prevenção de úlcera do estômago, no entanto, passou a ser utilizado indevidamente como medicamento abortivo.

Comentário