Polícia Militar Ambiental - Corporação reforçou fiscalizações nos 2 mil km² de área de atendimento

Foto: Polícia Militar Ambiental - Corporação reforçou fiscalizações nos 2 mil km² de área de atendimento

DEFESO

Período da piracema encerra hoje

Na região de Prudente, a quantidade de pescados apreendidos teve aumento de 58,54%, já que passaram de 525,85 quilos para 833,69 quilos, se analisados os dados do ano anterior

  • 28/02/2020 06:15
  • GABRIEL BUOSI - Da Redação

A partir de amanhã as pescas amadora e profissional estarão liberadas, desde que respeitem as normas em vigor, já que hoje é o último dia do período conhecido por piracema e que visa assegurar a reprodução dos peixes e proteger a fauna aquática. De acordo com a Polícia Militar Ambiental, na região de Presidente Prudente, durante a operação, que teve início em novembro, a quantidade de pescados apreendidos aumentou 58,54%, já que passaram de 525,85 quilos para 833,69 quilos, se analisados os dados do ano referência 2019/2020 com o anterior, 2018/2019.

Durante as fiscalizações nesta época, que foram reforçadas nos 2 mil quilômetros quadrados de espelhos d’água na área de atendimento da corporação na região de Prudente, foram registrados aumentos em todos os quesitos analisados pela polícia, o que pode ser um reflexo da atenção dada pelos oficiais ao período.

A quantidade de boletins de ocorrência, por exemplo, ao analisar o ano referência 2019/2020 com o anterior, 2018/2019, saltaram de 98 para 161 (64,28%), seguida dos autos de infrações, que foram elaborados e que passaram de 46 para 66 (43,47%), bem como das multas arbitradas, que tiveram um aumento de 12,43%, já que subiram de R$ 47.164,26 para R$ 53.031,08. Os dados parciais possuem registros até o dia 26 de fevereiro e serão atualizados na segunda-feira.

Conforme o 1º-tenente da Polícia Militar Ambiental, Thiago Torres, a avaliação da operação piracema neste ano foi positiva, principalmente pela atuação da corporação, que conseguiu focar em estratégias específicas e adotou providências contra a pesca irregular. “Entre as irregularidades encontradas estava o local proibido, espécies não permitidas e apetrechos que não deveriam ser usados, como as redes e tarrafas”, aponta.

Balanço parcial da piracema na região de Prudente
Ações Ano referência 2018/2019 Ano referência 2019/2020 Variações
Boletins de ocorrência 98 161 64,28%
Autos de infrações 46 66 43,47%
Multas R$ 47.164,26 R$ 53.031,08 12,43%
Embarcações ficalizadas 101 190 88,11%
Redes de pesca apreendidas 6.973 17.104 145,28%
Pescados apreendidos  525,85 kg 833,69 58,54%
Horas navegadas 438 689 57,30%
Fonte: Polícia Militar Ambiental