Pela manutenção, Azulão enfrenta Santacruzense

esporte

| JULHIA MARQUETI - Especial para O Imparcial

O Osvaldo Cruz segue na liderança do grupo 1 do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, mesmo após a primeira derrota da competição na rodada passada. Com 10 pontos, o Azulão enfrenta hoje, pela sexta rodada, o Santacruzente, vice-líder da chave, com nove pontos. Correndo o risco de perder a liderança para o time adversário jogando em casa, no Estádio Breno Ribeiro do Val, Brenão, o técnico Alberto não espera nada menos que a conquista dos três pontos, além da presença de sua torcida, para que o apoio seja constante. A partida começa a partir das 16h, com ingressos antecipados a R$ 10. Na hora o valor sobe para R$ 20, mas, em comemoração ao Dia das Mães, mulheres pagam apenas R$ 5.

Nomeando a última semana como a “melhor semana de treinamentos”, o treinador afirma que se o grupo apresentar o mesmo futebol que apresentou diante do Talentos 10, na última rodada, o resultado vai ser diferente. “Falei o que deixamos de fazer, bati nesta tecla, que se a gente quer atingir os objetivos, se fizermos da maneira que fizemos, não vamos conseguir”, afirma. O último jogo, inclusive, o treinador classifica como “decepcionante” e cita que nem mesmo os jogadores do Talentos 10 acreditaram no resultado que conquistaram. “Ninguém esperava, nem mesmo eles, após o jogo foram elogiar o nosso time, mesmo tendo apresentado um jogo ruim”, conta.

Time

Com Iago e Mateus Silva suspensos, Alberto já tem um time planejado na cabeça. Entre os nomes aparece o do lateral direito Orlan, que acabou de retornar à equipe. “No gol Aranha, lateral, Orlan, zaga, Mateus Arroz e Jhonatan, Denilton, Bainano, Marlos, Alan, Pedro Felipe e Vitor”, revela o treinador. Sobre o jogador que acabou de integrar a equipe, o treinador afirma que fez alguns testes, mas a possibilidade dele ir a jogo é maior. “Tive algumas outras opções, mas tudo indica que será ele mesmo, só aguardar para ver se a documentação está toda certa”, destaca.

Jogando em casa e buscando se manter na liderança, o treinador bate na mesma tecla já dita. “Temos que apresentar um futebol diferente do que foi visto no último jogo. Senão não adianta chamar a torcida. Temos que jogar defendendo a nossa casa e mostrar que o trabalho durante a semana deu resultados positivos”, afirma.

Comente com o editor

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste