Participação

  • 03/09/2019 01:29
  • Arlette Piai

Dificilmente países, Estados e municípios crescem sem que haja ações dos seus cidadãos pela coletividade. Em Presidente Prudente há algumas organizações que o fazem, e muito nos orgulha. Destaco hoje a UEPP (União das Entidades de Presidente Prudente e Região), organizada em forma de associação com o objetivo de promover o desenvolvimento e o fortalecimento não só de Prudente, mas de toda a região oeste do Estado de São Paulo. É formada por pessoas que acreditam no potencial do nosso município e região e trabalham sem fins lucrativos para o seu crescimento.

Para Prudente, a perda da nossa antiga EFS - Estrada de Ferro Sorocabana - foi um golpe fatal, arbitrário, injusto e que abalou profundamente a economia da nossa cidade e região.  “A ferrovia foi a melhor maneira para que os negociantes de terras levassem seus compradores em potencial a conhecerem as glebas; favoreceu a penetração, os loteamentos, a ocupação, o aproveitamento do solo”. Ao longo das ferrovias, multiplicaram-se os núcleos urbanos. Ela foi o pilar maior para que Prudente desse salto desenvolvimentista para ser o que é no seu centenário. Entretanto a 10ª Região Administrativa seria muito  mais desenvolvida se a EFS não tivesse sido criminosamente destruída. No entanto, UEPP, não desanima, entre outros participantes, continua com árduo trabalho para a reativação da finada EFS, que é um direito nosso que foi usurpado em benefício dos detentores bilionários, conquistado pelas rodovias e tristemente com a degradação de ferrovias.

Hoje nasce mais um extraordinário projeto da UEPP para o bem de Prudente, que ainda é novidade no Brasil: a implantação no município do VLT (veículo leve sobre trilhos), que funciona como se fosse um trem urbano pequeno sobre os trilhos, mais leve, mais barato e mais confortável que o metrô, além de transportar grande contingente de pessoas. A proposta VLT diminui custo do transporte, interliga bairros periféricos sem aumentar o trânsito, é rápido, confortável, será paralelo a antigas linhas de trem da antiga Sorocabana e poderá trazer muito progresso ao nosso município e região. Já existe em alguns municípios do Brasil. Uma maravilha para a economia da nossa cidade. Esperamos que o prefeito Nelson Roberto Bugalho abrace essa causa, e fique assim eternizado na história de Prudente com a conquista inédita desse moderno, confortável e econômico meio de transporte.  

O progresso de um município, Estado e nação depende do engajamento do seu povo, que deve pensar “o que posso fazer pelo Brasil e pelo meu município, mais que do que eles podem fazer por mim”.  Depende também da eterna vigilância do seu povo, de denúncias de corrupção e maus feitos, mas também elogios e estímulos aos que trabalham pelo seu crescimento e bem da coletividade. 

ÚLTIMAS DO AUTOR

Segurança e paz almejada

  • 17/09/2019 04:07

Escolas alternativas

  • 10/09/2019 01:28

Crise

  • 20/08/2019 02:32