Paraguaio é preso com 10 mil maços de cigarro

ROBERTO KAWASAKI - Da Redação • 06/03/2018 11:34:15

O Comando de Policiamento Rodoviário realizou uma prisão em flagrante por contrabando, na manhã de domingo, na SPA 652/270, acesso da Rodovia Raposo Tavares a Presidente Epitácio. Em meio à ação da polícia, três pessoas foram rendidas e, no automóvel, encontrados 3 mil relógios contrabandeados e 10 mil maços de cigarros sem a nota fiscal. Um homem foi preso e os demais foram ouvidos e liberados.

Durante um patrulhamento realizado, a Polícia Rodoviária avistou uma mulher de 23 anos que andava pela via em frente a um hotel com uma bolsa suspeita. Ao se aproximarem para realizar a abordagem, os policiais perceberam que ela, natural de Dourados (MS), foi chamada por um homem de 37 anos, natural do Paraguai, para dentro do estacionamento do hotel. Enquanto realizada a abordagem, o rapaz informou que em seu veículo, um Fiat Uno, havia mercadorias contrabandeadas.

A fim de fiscalizar o automóvel, os militares encontraram outro homem de 38 anos dentro do carro, também morador de Dourados (MS). Durante a fiscalização, foram localizados os relógios e, após questionamentos, avistaram os maços de cigarros, todos vindos do Paraguai e sem documentação fiscal.

Diante dos fatos, a ocorrência foi apresentada na Delegacia de Polícia Federal de Presidente Prudente, onde houve a apreensão dos veículos e dos produtos.

O paraguaio de 37 anos foi preso em flagrante por contrabando e aguarda a audiência de custódia para posterior envio a uma unidade prisional. As outras pessoas foram ouvidas pela polícia e liberadas.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste