Arquivo - Aeroporto Estadual Adhemar de Barros, em Presidente Prudente, é o terceiro em movimentação do interior paulista

Foto: Arquivo - Aeroporto Estadual Adhemar de Barros, em Presidente Prudente, é o terceiro em movimentação do interior paulista

HUB

Para UEPP, aeroporto tem porte para centro de distribuição de voos

Para a entidade, é preciso que o governo incentive Prudente ao polo de distribuição, também agregado à construção da nova sede da Receita Federal

  • 05/09/2019 16:09
  • DA REDAÇÃO

O Aeroporto Estadual Adhemar de Barros, em Presidente Prudente, é o terceiro em movimentação do interior paulista. Para a UEPP (União das Entidades de Presidente Prudente e Região), é preciso que o governo incentive Prudente ao polo de distribuição, também agregado à construção da nova sede da Receita Federal.

As vantagens do Hub – centro de distribuição de voos – para passageiros é que companhias aéreas utilizam aeroportos específicos como ponto de transferência para que os passageiros cheguem até seu destino final. Desta forma, as companhias aéreas podem atender uma variedade muito maior de destinos conectando seus voos.

Já no transporte de cargas, fica mais fácil para a transportadora controlar o fluxo de entrada e saída de cargas, além de garantir que a sua demanda de rotas internacionais seja sempre alta.  Isso reflete no preço pago pelo cliente.

Conforme o presidente da UEPP, Marcos Antônio de Carvalho Lucas, a implantação de um Hub de transportes multimodal incentivaria a utilização do porto hidroviário de Presidente Epitácio, frente o trimodal regional: aeroporto de Presidente Prudente, Porto de Presidente Epitácio e a ferrovia nos trechos Epitácio x Ourinhos x Sorocaba (Rumo/ALL) e a Ferrovia Norte/Sul.