Cedida: Sarau Solidário vincula literatura, música e artes plásticas

Foto: Cedida: Sarau Solidário vincula literatura, música e artes plásticas

Para refletir: “A criação em tuas mãos”

​​​​​​​Sarau Solidário ocorre neste sábado, a partir das 19h30, no Centro Cultural Matarazzo e é pedido um quilo de alimento não perecível

  • 16/11/2019 07:42
  • ALINE MARTINS - Da Redação

A APE (Associação Prudentina de Escritores) apresenta mais uma edição do Sarau Solidário neste sábado, com o tema “A criação em tuas mãos”. Será a partir das 19h30, no Centro Cultural Matarazzo e é pedido um quilo de alimento não perecível. A resenha é “O mundo pede de cada um de nós uma participação efetiva. Dar e receber é o processo permanente em nossa rotina. Compreender isso torna mais simples fazer parte dessa Criação Maior. Vamos apresentar nossas utopias para gerar esperanças concretas”.

Conforme o presidente da Ape, Carlos Francisco Freixo, quando se fala em arte, quando se fala em ciência, se fala da inquietação humana de não se contentar com a rotineira passagem das horas. “Sempre dispostos a olhar, reolhar, ver novas possibilidades para nosso dia a dia é a marca indelével de uma busca maior. Muitas vezes confundida com Utopia, mas é justamente essa utopia que nos move e nos impulsiona a ser mais amanhã do que o somos hoje. Sempre nosso problema é que, quando alcançamos nossos objetivos, outros já são projetados permitindo uma renovação permanente diante de nossas rotinas”, pontua.

As dificuldades, segundo acrescenta, sempre são mais motivadoras. “Não podemos ficar sentados “no trono de apartamento com a boca escancarada, cheia de dentes esperando a morte chegar” como nos diz Raul Seixas. Este é o nosso grande motivo para sairmos mês a mês para este encontro em que as artes dialogam democraticamente. Há sempre um renovar de horizontes, de olhares, de mãos tecendo esperança, de um querer em somar momentos únicos”, frisa.

Como sempre fazem, chegam a esta 131ª edição do Sarau Solidário vinculando literatura, música, artes plásticas com um único propósito: “a renovação permanente de nós mesmos”.

A última edição do ano já tem data agendada: 21 de dezembro, cujo tema é “A criança que habita em nós.