APÓS CINCO ANOS

Nos pênaltis, Santa Paula garante título do Master

Dream Team vê adversário tirando seu posto de primeiro lugar depois de ser campeão por três anos seguidos da competição de futebol municipal

JULHIA MARQUETI - Especial para O Imparcial • 23/10/2018 04:05:00

Santa Paula conquistou o título após cinco anos sem chegar a final. Foto: Cedida/Secom

Após 19 confrontos pela categoria master do Campeonato Amador Professor Agripino de Oliveira Lima Filho, de Presidente Prudente, na manhã de domingo ocorreu o jogo mais importante deles. A partida entre Santa Paula e Dream Team marcou a final da categoria que reuniu, ao todo, seis equipes durante dois meses. Além disso, a decisão, que ocorreu no Estádio Caetano Peretti, reuniu no mesmo gramado o time que foi campeão nos últimos três anos, sendo o Dream Team, e outro time que não chegava a final da competição desde 2013.

Com o apito final, saiu feliz de campo aquele que não disputava uma decisão há cinco anos.  Ao derrotar, nos pênaltis por 4 a 1, o Santa Paula conquistou o título da competição junto ao bom público presente no Caetano Peretti. Segundo o assessor da Semepp (Secretaria Municipal de Esportes de Presidente Prudente), aqueles que assistiram a partida saíram satisfeitos. “Bastante torcida compareceu, e puderam acompanhar um futebol de nível técnico bom, além de um jogo limpo, que é o que sempre prezados nos campeonatos municipais”, afirma.

Para Paulo Cézar Tomaz, representante da equipe campeã, o título representa anos de tentativas. “Há muito tempo estávamos tentando, porque sempre buscamos reunir nomes que seriam importantes para colaborar para uma boa campanha, como fizemos neste ano”, afirma. Questionado sobre derrotar a única equipe invicta da competição, Paulo disse que não tinha motivos para duvidar de sua equipe. “Fomos o único time que conseguimos tirar pontos deles nas primeiras rodadas, então acredito que não poderíamos sentir essa pressão. E foi o que aconteceu. Independente se eles foram campeões nos outros anos, na final desse ano estavam os dois times num nível parecido”, destaca.

Por fim, o representante da equipe se mostrou contente em relação a campanha desenvolvida pela equipe. “Tivemos algumas partidas que perdemos e não nos deixaram felizes, mas conseguimos dar a volta por cima e conquistar o título”, enfatiza.

O jogo

Com o início morno, a partida teve o primeiro tempo marcado por poucas chances de gol, o que foi bem diferente da segunda etapa. Já nos últimos 45 minutos, o placar foi aberto nos primeiros minutos para o Santa Paula, de cabeça, com o centroavante Matheus. Antes dos 20 minutos, a equipe teve chance de ampliar com a marcação de um pênalti a seu favor. Mas na cobrança Sidne perdeu a oportunidade.

Como quem não faz, toma, o Dream Team conseguiu correr atrás do placar e empatou a partida em um 1 a 1, resultado que levou a decisão para os pênaltis. Com os dois times desperdiçando as primeiras cobranças, as seguintes foram decisivas.  Quando estava em 3 a 1, Juliano Morel bateu a última cobrança do Dream Team nas mãos de Devaln e ficou para Sidne pegar a bola para realizar a última cobrança e marcou para garantir o título.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste