João Paulo Barbosa: Grace e Emily, dos Estados Unidos, fazem intercâmbio na Unoeste

Foto: João Paulo Barbosa: Grace e Emily, dos Estados Unidos, fazem intercâmbio na Unoeste

Norte-americanas

Norte-americanas chegam em Prudente para intercâmbio em universidade

Unoeste está entre quatro universidades particulares brasileiras contempladas com projeto internacional

  • 23/02/2020 07:45
  • DA REDAÇÃO

As norte-americanas Grace Gevieve McHale e Emily Marsha Bowen foram segunda-feira na Unoeste (Universidade do Oeste Paulista), em Presidente Prudente, para intercâmbio de nove meses como professoras assistentes de aulas de inglês no curso de Letras da Faclepp (Faculdade de Artes, Ciências, Letras e Educação de Presidente Prudente). Outras atividades estão previstas, em outros momentos de interação e trocas culturais com a comunidade acadêmica.

Nestas condições são 80 intercambiárias pelo Brasil afora, duas em cada um dos 40 projetos universitários aprovados pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), do Ministério da Educação, em convênio com o Programa Fulbright, patrocinado pelo Bureau of Educational and Cultural Affairs (Escritório de Assuntos Educacionais e Culturais) do Departamento de Estado Americano.

A Unoeste está entre as quatro universidades particulares brasileiras com projeto aprovado no final do ano passado, denominado “Diálogos Americanos Interculturais: práticas educacionais na aprendizagem da língua inglesa”, inscrito pelos professores doutores Tchiago Inague Rodrigues e Danielle Aparecida do Nascimento dos Santos, respectivamente coordenador e vice coordenadora.

A conquista é recebida pela Faclepp como um reconhecimento à qualidade do ensino ofertado, ao ponto de ocupar o mesmo patamar das principais instituições de ensino superior do país; de acordo com a diretora Dra. Maria Helena Pereira Mirante e a coordenadora do curso de Letras professora Luciane Cachefo Ribeiro. Os coordenadores do projeto enaltecem o apoio das pró-reitorias.

Nesta semana, as visitantes cumprem programa de recepção iniciado com o café da manhã de hoje, com o professor Dr. Willian Takata (Faclepp), pela assessora de relações interinstitucionais Muryel Acco e por estudantes que estiveram recentemente em intercâmbio: Juliana Barreto (Arquitetura e Urbanismo), Melissa Silvério (Psicologia) e Stephany Gonçalves (Química).

Pelo intercâmbio, Grace e Emily vieram para aprender a língua portuguesa. Na semana anterior passaram por imersão em São Paulo, juntamente com as outras 78 norte-americanas. Por ordem, elas procedem da Universidade de Pittsburgh, no estado da Pensilvânia, e do Bats! College, na Califórnia, onde fazem Ciências Políticas e Psicologia. Ambas já estudam espanhol há algum tempo.

Por ter feito três semestres de português na universidade onde estuda e que oferece aulas com professores brasileiros, Grace gostou do idioma e decidiu aprender mais. Agora, com o intercâmbio planeja ser assistente de professor brasileiro de língua portuguesa lá em Pittsburgh. Emily vê na troca de cultura a oportunidade de conhecer melhor o comportamento humano, para aproveitar quando for atuar na área de psicologia.

CURIOSIDADE

Grace já fez intercâmbios na Espanha e no México, de seis meses cada um. Emily ficou uma semana na Nicarágua e quatro meses na Espanha. Na primeira semana no Brasil, estão encantadas com a receptividade do povo brasileiro. Emily já programou a primeira viagem de turismo no Brasil. Vai passar o carnaval no Rio de Janeiro, juntamente com algumas intercambiárias que estão em outras cidades.