AMEAÇA E ROUBO

Mulher diz estar armada e rouba R$ 150 de taxista

Acusada tem 32 anos e foi reconhecida pela Polícia Militar por já ter praticado outro crime de roubo contra um taxista

  • 15/07/2019 16:08
  • ROBERTO KAWASAKI - Da Redação

Na noite de domingo, um taxista de 70 anos foi assaltado por uma mulher ao término de uma corrida. O crime ocorreu na Vila Boa Vista, em Presidente Prudente. Segundo a Polícia Civil, a acusada já foi identificada.

Trata-se de uma mulher de 32 anos reconhecida nos meios policiais por ter cometido outro crime com as mesmas características. De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher solicitou a viagem por ligação telefônica e ao chegar ao destino, pediu para que o motorista seguisse com a viagem, pois pegaria o dinheiro em um imóvel.

Naquele momento, disse estar armada e anunciou o assalto. Mediante “grave ameaça”, ordenou que o idoso entregasse a carteira, onde havia R$ 150. Com medo de que ela pudesse fazer algo, o homem entregou a carteira e desceu do carro.

A mulher fugiu e tomou rumo desconhecido. Com a chegada da Polícia Militar, foi feito contato com a empresa de transporte que indicou o endereço onde estava cadastrado o contato telefônico que solicitou a viagem.

Diante das informações, os policiais foram ao imóvel e foram recebidos por um homem. Ele se apresentou como namorada da acusada e confessou ter feito a ligação. Segundo o rapaz, a companheira iria para a casa da prima. No entanto, informou que desconhecia a ação criminosa dela. Os policiais fizeram diligências nos locais onde ela poderia estar, porém, não foi encontrada.