Polícia Militar: Chamas foram controladas pelo proprietário da casa

Foto: Polícia Militar: Chamas foram controladas pelo proprietário da casa

DANO

Mulher ateia fogo dentro de imóvel e é presa pela PM

Após desentendimento com ex-companheiro, a mulher teria ligado gás de cozinha e ateado fogo em pertences do homem

  • 15/04/2019 16:20
  • ROBERTO KAWASAKI - Da Reportagem Local

Uma mulher de 42 anos foi presa depois de atear fogo em pertences do ex-companheiro dentro de um imóvel, no Jardim Petrópolis, em Tupi Paulista. O crime ocorreu na noite de sexta-feira, no entanto, foi divulgado hoje pela Polícia Militar.

Segundo a corporação, os militares foram acionados para comparecerem à Rua Doutor Antônio Simini. Em contato com a vítima, um homem de 46 anos, foram informados de que ele havia se desentendido com a acusada e, diante da situação, a mulher teria tentado atear fogo em seu veículo, um VW/Saveiro.

Conforme o relato do homem, as chamas começaram pelo cinto de segurança do lado esquerdo do carro, ocasião em que conseguiu apagá-las. Naquele momento, disse que pediu à mulher para que ela retirasse as roupas da casa, e saiu. Instantes depois, foi avisado por populares que a residência estava pegando fogo.

Forte odor de gás

Ao chegar em casa, deparou-se com diversos objetos e roupas queimando sobre a mesa da sala, bem como um “forte odor” de gás de cozinha. Aos militares, a vítima contou que conseguiu extinguir as chamas e, posteriormente, foi à cozinha e encontrou todas as bocas de gás ligadas.

Diante dos fatos e características da autora, a equipe policial iniciou diligências e a localizou. Ao ser abordada, confessou o fato e foi conduzida à Delegacia de Polícia Civil, onde foi presa em flagrante. O isqueiro que estava com ela foi apreendido.