POSSÍVEL LATROCÍNIO

Motorista de aplicativo é encontrado morto em Álvares Machado

Segundo informações da Polícia Civil, homem foi identificado como sendo Luciano Galindo, morador de Prudente, achado com sinais de facadas pelo corpo

  • 15/06/2019 15:06
  • JEAN RAMALHO - Da Redação

O corpo de um motorista de aplicativo, de 42 anos, foi encontrado nesta manhã em uma estrada vicinal na zona rural de Álvares Machado. Segundo informações da Polícia Civil, o homem foi identificado como sendo Luciano Galindo, morador de Presidente Prudente, que foi encontrado com sinais de facadas pelo corpo.

Conforme informações divulgadas entre os motoristas, o homem teria desaparecido por volta das 23h de sexta-feira, quando teria feito o último contato com a família. Seu corpo foi encontrado em uma valeta da estrada rural que liga Álvares Machado a Presidente Bernardes.

O veículo do motorista, um Fiat/Uno, não foi encontrado. A perícia esteve no local onde o corpo foi encontrado e a Polícia Civil iniciou as diligências e investigações em busca do automóvel, bem como dos suspeitos de cometer o crime, considerado inicialmente como um possível latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

Nota

A Amapp (Associação dos Motoristas de Aplicativo de Presidente Prudente), da qual o motorista fazia parte, divulgou nota de pesar sobre a morte do motorista, o qual classificou como “amigo, companheiro e pai de família”, que “chegava contagiava a todos com sua alegria e seu sorriso cativante”. A nota diz ainda que “para levar o sustento a sua casa, [ele] trabalhava como motorista de aplicativo e, nessa madrugada, teve a sua vida ceifada de uma forma cruel e violenta”. A nota é assinada pelo presidente da Amapp, Daniel Castilho. A reportagem tentou levantar junto à associação se Luciano estava em serviço quando sumiu, bem como para quais plataformas ele prestava serviço de transporte individual, mas não obteve retorno quanto aos questionamentos.