Arquivo - Ariane representa PP no México, em competição do UFC dia 21

Foto: Arquivo - Ariane representa PP no México, em competição do UFC dia 21

DESTAQUES

Motivos de orgulho no esporte prudentino

Semepp enfatiza atletas que fazem história ao redor do mundo e que carregam o nome do município em competições

  • 14/09/2019 11:16
  • GABRIEL BUOSI - Da Redação

O secretário municipal de Esporte de Presidente Prudente, Claudinei Quirino, afirma que a cidade muito se orgulha dos atletas que fazem história ao redor do mundo e que carregam o nome do município em competições. Para ele, algumas são as modalidades que se destacam cada vez mais, como o badminton e parabadminton, e que trouxeram, inclusive, medalha de prata do Parapan-Americanos de 2019, que ocorreu em Lima, no Peru.

O responsável pela conquista foi o atleta Rogério Júnior Xavier de Oliveira, 18 anos. Há cinco anos no esporte, ele comentou à reportagem que demorou a entender que havia chegado tão longe em uma competição do nível em que participou. Com oito centímetros de diferença de uma perna para a outra, ele compete na classificação da modalidade SL 4 (membro inferior). Para ele, não é preciso se abalar com as deficiências, mas sim, usá-las a seu favor. “Mesmo com todo o reconhecimento, agora temos que trabalhar para uma próxima competição que gostaríamos de participar, na Dinamarca, mas ainda precisamos fechar os detalhes e ver se de fato iremos”. De qualquer forma, os treinos seguem intensos.

Outra atleta que é só motivos de orgulho para a cidade e também todo o país é a prudentina que leva o nome do município para as grandes categorias do UFC (Ultimate Fighting Championship), Ariane Sorriso Carnelossi, 26 anos. A jovem desembarcou no México há alguns dias, onde vai lutar contra a americana Angela Hill, no dia 21. Assim como nas demais lutas em que esteve, a expectativa em cima dos resultados é grande por parte dos conterrâneos. “Nossa intenção é sempre entrar para nocautear, mas se precisar ficar no chão a gente fica”, comentou o técnico Hugo Gonçalves, durante as preparações da atleta no país hermano.

Por fim, um nome que, sem dúvidas, será muito falado futuramente: Guilherme Furtado. O jovem tem 19 anos, já participou de competições importantes pelo tênis de mesa e é motivo de grandes expectativas por parte do técnico, Gilberto Henrique Branco, conhecido como Giba. Uma das mais recentes conquistas e que o motivou a continuar buscando “sempre os melhores rankings” foi a Copa do Brasil de Tênis de Mesa, realizada em Maringá (PR). À época, o rapaz ficou no topo do pódio nas categorias Rating L e Absoluto E. “Comecei em 2011 porque buscava uma prática esportiva, de olho na saúde, mas vi ao longo do tempo que esse amor foi crescendo e chegou aonde chegou”.