Mostra de fotos traz belezas do monte Fuji San em Yamanashi

Variedades

| OSLAINE SILVA - Da Redação

Até o dia 13, amantes da arte visual podem fazer uma viagem até o outro lado do mundo, através do olhar de um prudentino que está desde ontem com sua exposição fotográfica, que retrata o monte Fuji San e o Estado de Yamanashi – Ken Japão, no Parque Shopping Prudente. As fotos são do massagista Celso Moreira de Souza, que conta que resolveu compartilhar a beleza do lugar, qual ele gosta muito, onde morou por 15 anos. Ao todo, conforme o artista, o público poderá apreciar 27 fotografias, sendo 20 medindo 20 x 40 e seis 60 x 40.

 

Celso que profissionalmente pratica a técnica terapêutica oriental chamada shiatsu, conta que a fotografia é um hobby que ele traz consigo desde os 14 anos. E quando foi para o Japão foi tomado pela beleza local e sentiu o enorme desejo, por sua imponência, de registrar o Fuji San.

“Ele é um dos montes mais altos e bonito do Japão. Fica a oeste de Tóquio entre o Estado de Shizuoka e Yamanashi. Não sou japonês, mas tenho dois filhos descendentes. Eu gosto muito da cultura, da culinária japonesa. É um país maravilhoso para morar. Seguro, limpo. Sou suspeito para falar desse lugar porque acho que sou mais japonês do que muitos que moram por aqui. Essa exposição representa muito do Estado turístico de Yamanashi, principalmente por conta do Fuji San. Eu tive o prazer de morar logo embaixo dele!”, exclama.

Celso menciona que entre tantas imagens, o sol reluzente brilha no topo do monte Fuji San deixando a natureza, as cores da vegetação ainda mais vivas. Isso é um pouquinho do que pode ser visto nas fotos de Celso.

 

“Não sou japonês, mas tenho dois filhos descendentes. Eu gosto muito da cultura, da culinária japonesa. É um país maravilhoso para morar. Seguro, limpo. Sou suspeito para falar desse lugar”

Celso Moreira de Souza,

Massagista

 

Oferecer cultura

Para o superintendente do Parque Shopping Prudente, Camilo Jabbour, 40 anos, é de extrema importância oferecer eventos culturais à sociedade. “O shopping, além de um centro de compras, precisa ser um espaço de lazer e passeio para toda a família. Para isso, optamos por atrações que acima de tudo valorizem os trabalhos de prudentinos e munícipes de cidades vizinhas. Todos estão convidados para conhecer de perto um pouco do Japão, retratado pelo olhar do prudentino Celso Souza”, convida o superintendente.

 

Serviço

A visitação à exposição é gratuita e pode ser feita de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h.

Comente com o editor

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste