José Reis: Arrecadação ainda está baixa, em compensação ao tempo hábil

Foto: José Reis: Arrecadação ainda está baixa, em compensação ao tempo hábil

ARRECADAÇÃO

Mosaico de 1 mi de tampinhas visa recorde mundial

Artista Itamar Xavier, de Presidente Prudente, reproduzirá imagem alusiva ao nascimento, morte e ressurreição de Cristo com tampinhas de garrafa pet

  • 12/03/2019 10:00
  • THIAGO MORELLO - Da Redação

Atualmente, 12 alunos de uma escola de Sevilha, na Espanha, detêm o título de maior mosaico de tampinhas de garra pet, ao reproduzir uma imagem com 800 mil peças. Decidido a tomar para si o feito, o prudentino Itamar Xavier reproduzirá uma obra com a utilização de 1 milhão de tampinhas. Pelo menos esse é o foco do artista, que tem empenhado seus esforços em prol da realização. A ideia, de acordo com ele, é compor uma imagem alusiva ao nascimento, morte e ressurreição de Jesus Cristo, aproveitando o momento pascoal que se aproxima.

A montagem do material está prevista para ser iniciada no dia 19 de abril, aliás, data essa no qual esse ano é quando lembra-se da Sexta-feira Santa, conforme o cristianismo, simbolizando a morte do Messias. Mas, até chegar lá e para que o marco seja possível, o artista lembra que a arrecadação precisa estar a todo vapor. “Até o momento, temos 300 mil tampinhas arrecadas, o que não é um número bom, pensando no tempo que temos”, comenta Itamar.

Inicialmente, a campanha foi lançada em duas instituições de ensino de Presidente Prudente: Escola Municipal João Franco de Godoy, o Navio, e Escola Estadual Francisco Pessoa. Contudo, o artista destaca que, no decorrer dos dias, “muitos setores da sociedade acabaram se interessando pelo trabalho” e, desde então, também estão colaborando com doações de tampinhas. “Nessas escolas, há até uma competição entre os alunos, a fim de parabenizar os melhores e também dar um gás a mais à arrecadação”, argumenta.

E tal interesse destacado pelo artista por vários setores da sociedade, segundo ele, vem pelo cunho evangelístico, social e ambiental que o mosaico traz. “Evangelístico pelo valor que a imagem representa, ao simbolizar, em época de Páscoa, um momento marcante da igreja [a morte de Cristo]. Social, pois, posteriormente, as tampinhas serão doadas à entidade SOS Crianças. E ambiental pela coleta do material e destinação regular”, pontua.

Trabalho

Uma semana antes da montagem do mosaico, juntamente com o também artista prudentino João Célio, Itamar iniciará a composição da obra. Antes da aplicação das tampinhas, juntos eles vão desenhar a imagem. “Nó vamos colar vários papeis em branco, um ao lado do outro, até o material ficar do tamanho necessário. Em seguida, vamos preencher os traços, para aí então começar a colocar as tampinhas”, detalha.

O espaço utilizado será a Praça da Juventude da Cohab. E no dia da montagem, a composição será feita pelos artistas, voluntários e alunos das escolas participantes, confirma Itamar. “Convidamos também toda a população para estar presente, pois no dia haverá show com grupos musicais, bem como um momento evangelístico para simbolizar a Sexta-feira Santa”, enfatiza.

Recorde mundial

Em novembro de 2018, como noticiado pelo O Imparcial, um primeiro recorde já foi batido pelo artista, a nível nacional. É que com a ajuda de 1,2 mil alunos, e o uso de aproximadamente 150 mil tampinhas, o artista montou um mosaico reproduzindo o retrato do funcionário da Cooperlix, José, mais conhecido como “Farinha”.

À reportagem, Itamar explica que o recorde foi reconhecido a ele, contudo, não foi registrado, em vista da possibilidade de bater o número mundial. “Para fazer esse reconhecimento tem custo, então, a gente, já visando a possibilidade de montar essa imagem com 1 milhão de tampinhas, achamos melhor aguardar esse momento do recorde mundial”, finaliza.

 

Pontos de coleta das tampinhas:

- Câmara Municipal de Presidente Prudente

- Fundação Inova Prudente

- Segunda Igreja Nova Jerusalém (Vila Teresa)


 

s