Mais segurança Moradores podem solicitar Ronda Programada

 16/07/2017  - THIAGO MORELLO

A A A

O mês de julho, marcado por férias escolares, é o período também destinado, por famílias, para programação de viagens. A Polícia Militar desenvolve um trabalho específico nesta época quanto à segurança dos imóveis e do bairro. Para isso, os moradores de Presidente Prudente e demais municípios da região pertencentes à área do 18º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior), que aproveitam o tempo livre para viajar, podem contar com o serviço de Ronda Programada.

“Patrulhamento específico a serviço do morador que estiver ausente em sua residência durante viagens”. Esta é a definição feita pela Polícia Militar, ao explicar como funciona a atividade. O órgão ressalta que trata-se de um trabalho de vigilância especial, pois, além do itinerário de patrulhamento rotineiro, o policiamento inclui o endereço da residência que ficará temporariamente desocupada. “O serviço é disponibilizado para população a qualquer época do ano e não apenas nas férias ou feriados prolongados”, enfatiza.

E uma vez interessada em aderir a Ronda Programada, à reportagem a PM frisa que a pessoa responsável pelo imóvel não deve utilizar telefone 190, a fim de solicitar o serviço, já que o mesmo é destinado para o atendimento emergencial. Sendo assim, o proprietário deve procurar a Unidade da Polícia Militar mais próxima de sua casa e preencher “um formulário específico para o atendimento e orientações do Programa” ofertado, salienta a autoridade.

Mas para que a segurança seja completa, a corporação lembra que além do trabalho de ronda, existem orientações e cuidados que devem ser seguidos pela população neste período de férias longe de casa. Dentre as precauções, não colocar informações sobre a viagem em redes sociais é a primeira delas. “Quanto mais dados e detalhes a pessoa que estiver mal intencionada tiver, mais ela estará preparada para identificar uma residência como um alvo fácil para delito”, completa.

Ademais, o recomendado é deixar uma pessoa responsável pelo imóvel, visitando em períodos do dia, para que também possa recolher correspondências, jornais e revistas; não deixar luzes acesas durante o dia; alertar “os vizinhos de confiança sobre a viagem; orientar os vizinhos para que informe à Polícia Militar, através do telefone 190, da presença de pessoas estranhas nas imediações da casa, ou diante da constatação de barulho no imóvel”, finaliza a polícia.

Comentário