Investigação

Moradora de Venceslau é localizada em Prudente

Celina Yoshie Takeda estava desaparecida desde o dia 30 de janeiro, conforme informações da DIG da cidade de origem

  • 12/02/2019 04:32
  • THIAGO MORELLO - Da Redação

Desaparecida desde o dia 30 de janeiro, a moradora de Presidente Venceslau, Celina Yoshie Takeda, 56 anos, foi localizada ontem em Presidente Prudente. Conforme apurado pela reportagem, a mulher foi vista pelas proximidades do Terminal Rodoviário Comendador José Lemes Soares, em Prudente, por um homem, que a reconheceu em vista da divulgação feita pelas redes sociais.

À reportagem, o irmão de Celina, Emílio Nishimura, 47 anos, confirmou na tarde de ontem que a irmã havia sido localizada e já estava em retorno para casa. Ainda de acordo com ele, ainda não se sabe o que aconteceu com a mulher, contudo, ela passará por atendimento médico a fim de entender o desaparecimento. A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Venceslau, sem mais detalhes, também confirmou a localização da moradora.

Mas, como informado por este diário, conforme o próprio irmão de Celina, não há informações sobre possíveis problemas de saúde que ela possa ter. “A família estava aflita desde o desaparecimento dela. Agradecemos quem ajudou”, comenta Emílio. A Polícia Civil investiga o caso.

Histórico

Desde que o desaparecimento foi noticiado ao policiamento, na manhã de 30 de janeiro, segundo informações da Polícia Civil, os investigadores analisaram câmeras de monitoramento da cidade que poderiam ter flagrado o percurso feito pela mulher depois de sair da residência onde mora, localizada na Rua Maria Nunes Ribeiro, Jardim Ipanema.

De lá para cá, informações foram recebidas, que contribuirão para o andamento da investigação, além de terem ouvido familiares a respeito da rotina da dona de casa. Na data do desaparecimento, conforme informado por Emílio, ela saiu de casa pouco antes da 6h para ir visitar a mãe na Santa Casa de Misericórdia de Presidente Prudente. Mas, no intervalo entre a ida para o terminal rodoviário de Venceslau ao hospital, foi verificado que ela não compareceu na unidade.