Foto:

Mitos modernos da nutrição 2

  • 07/11/2019 05:06
  • Jair Rodrigues Garcia Júnior

A lactose é uma proteína do leite que faz mal, não é? E as proteínas são nutrientes ótimos para consumir sem limites e até substituir os carboidratos (CHO) na dieta, não é mesmo? Se as respostas corretas para estas perguntas valessem um certificado “eu entendo de nutrição”, você mereceria um? Mereceria se suas respostas fossem diretas, assertivas e inequívocas para ambas as perguntas: “não”.

Lactose não é vilã

A “eleição” para esse posto de vilã da saúde, do emagrecimento etc, certamente foi indireta. A lactose, juntamente com o antigo, bom e nutritivo leite, foram colocados no rol dos vilões por algum pretenso especilista que queria ganhar a mídia e seguidores leigos. Como professor de nutrição, explico isso para os alunos, mas fico com a sensação de que não fui bem sucedido em desfazer esse mito moderno.

Falta de lactase é um problema

A lactase é a enzima que digere a lactose (CHO do leite) em moléculas menores – glicose e galactose – que podem ser absorvidas e utilizadas. Entre os brasileiros, 50% tem lactase suficiente para digerir a lactose dos produtos lacteos ingeridos. Os demais têm quantidades menores da lactase e podem ter algum desconforto, gases e dores intestinais ao ingerir um pouco mais de lactose.

Mantenha a sua enzima lactase

“Intolerantes à lactose” representam 10-20% da população e devem realmente evitar a ingestão de lactose. Se você não está neste grupo, não deixe de ingerir lacteos com lactose, senão certamente terá dimuição progressiva da lactase e entrará para o grupo dos intolerantes.

Proteína não substitui carboidrato

As dietas restritivas em CHO (mito moderno Low Carb) são ricas proteínas e gorduras. A escassez de CHO não é uma condição boa para o corpo, mas ele se adapta. Por outro lado, o excesso de gorduras (animais) e de proteínas, demanda esforço maior do corpo para o equilíbrio e, em médio prazo, trás consequências muito prejudiciais.

Proteínas não são armazenadas

CHO e gorduras, quando em excesso, são armazenados. Proteínas não são. Um sedentário com 65kg precisa de 52g de proteínas por dia (65kg x 0,8g/kg/d), ingeridas em frações nas refeições do dia. Se você ingere mais do que isso (incluindo na conta “os Whey protein, BCAA e outros suplementos que os amigos te empurram”), está sobrecarregando o trabalho do fígado e rins para processar e elimiar o excesso. Faça a conta da sua necessidade de proteínas e CHO (65kg x 4g/kg/d) e de quanto está ingerindo. Ou melhor, procure um bom nutricionista para te orientar.


 

 


 

ÚLTIMAS DO AUTOR