Mercado retoma ritmo de lançamento de imóveis

  • 14/09/2019 06:00
  • Contexto Paulista

O mercado imobiliário divulgou esta semana números que confirmam a tendência de recuperação da economia paulista neste segundo semestre. Um dos sinais veio da região metropolitana de São Paulo. O Diário do Grande ABC, em matéria de Soraia Abreu Pedrozo, informa que o otimismo recuperado no primeiro semestre na região motivou o lançamento de unidades que estavam represadas desde o ano passado devido ao pessimismo com os rumos da economia e o desemprego em alta. De janeiro a junho deste ano, conforme a Acigabc (Associação dos Construtores, Imobiliárias e Administradoras do Grande ABC), foram anunciados 1.062 apartamentos novos, o que representa o dobro do mesmo período em 2018 e o primeiro crescimento após dois anos de queda. O setor aposta no aumento da confiança nas mudanças conjunturais para alavancar o mercado ainda este ano e prevê “intensa retomada de vendas em 2020 com a melhora do cenário econômico”.

Na capital

Na cidade de São Paulo, as vendas de imóveis residenciais novos cresceram em julho, segundo pesquisa do Secovi-SP. Em julho, foram vendidas 3.284 unidades, 113% acima do mesmo mês do ano passado. No acumulado de 12 meses, as vendas somaram 38.415 unidades, aumento de 37%. Em termos de valores, os imóveis vendidos em julho totalizaram 103,6% acima do registrado um ano antes.

Investimentos no Interior

A Tecnopolpa Embalagens deu início às obras para a construção de sua fábrica em Cerquilho, região de Sorocaba. Irá investir R$ 5 milhões para a conclusão da unidade, que será entregue no em 2020. A fábrica terá capacidade para produzir até 10 milhões de  embalagens/mês.

Estratégia

“Decidimos investir no Estado de São Paulo para fornecer embalagens em um dos maiores polos produtores de ovos”, afirma o sócio-diretor Álvaro Kim da Tecnopolpa. A empresa precisava ficar próxima aos fornecedores de matéria-prima e aproveitar a logística dos caminhões que retornam para a região de Bastos, onde se situam as maiores granjas produtoras.

Frentes na Assembleia

●     Lançada esta semana frente parlamentar para defender a criação de novos Tiros de Guerra no Estado. Atualmente, são 76 unidades. Por lei, as prefeituras assumem parte da gestão. Tem à frente o deputado Tenente Coimbra (PSL).

●     Criada a Frente Parlamentar em Defesa do Consumidor, a ser coordenada por Jorge Wilson Xerife do Consumidor (PRB).

Apelo pelo turismo

"O turismo gera emprego e renda, movimenta a economia local”, afirma o deputado Itamar Borges (MDB), que tem base eleitoral nas regiões de Araçatuba e São José do Rio Preto e preside a Comissão de Turismo da Assembleia. “Precisamos investir. Apoiar o turismo é uma das alternativas para o país sair da crise". Ele se queixa que as verbas da secretaria estadual de Turismo são baixas diante do potencial turístico de São Paulo. Borges é coautor da lei que criou os Municípios de Interesse Turísticos (MIT).

Exemplo no Pontal

Inaugurado em Rosana, no Pontal do Paranapanema, um pier flutuante do balneário municipal permitirá o embarque e desembarque de passageiros. O projeto compreende também reforço na estrutura para barcos e jets. Esse é um exemplo do que pode ser feito pelo Interior e Litoral afora para ampliar o fluxo de turistas.

Cruzada contra fake news

A Assembleia deverá discutir ainda este ano um projeto polêmico, de autoria de Edmir Chedid (DEM). A ideia é proibir em todo o Estado “a divulgação e/ou o compartilhamento de notícias ou informações sabidamente falsas e prejudicialmente incompletas, que alterem, corrompam ou distorçam a verdade”. O infrator será punido com multa em torno de R$ 5,3 mil se divulgar ou compartilhar notícias falsas por qualquer meio. A matéria tramita em regime de urgência e já recebeu parecer favorável em duas comissões.

Desconto na CNH

A Assembleia aprovou terça-feira (10) projeto de lei do deputado Roberto Engler, que estabelece desconto na renovação da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) para motoristas idosos. Se a lei for sancionada pelo governador, cidadãos com mais de 65 anos terão 35% de abatimento na taxa estadual de renovação, e aqueles com mais de 70 anos, 50%.

Audiências regionais

Será na Etec de Ipaussu, às 11 horas, a audiência regional dos municípios da região de Marília para discutir o orçamento estadual de 2020. Esses encontros são oportunidade para a população apresentar as suas demandas, que poderão inspirar emendas ao orçamento a ser votado na Assembleia Legislativa até o final do ano. Com base na reunião de segunda-feira (9) em São José dos Campos, por exemplo, houve indicação de emenda de R$ 100 mil para obras de melhoria do Parque Tecnológico.

Pela educação

Vem de Sorocaba, por meio da vereadora Iara Bernardi, alerta sobre a iminência da extinção do Fundeb  (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). Segundo ela, o assunto interessa a 40 milhões de alunos da educação básica pública no país. A validade do programa vai até dezembro de 2020. Há três propostas em tramitação no Congresso Nacional para que se estenda o prazo do fundo.