MEIO SÉCULO

  • 16/10/2019 04:35
  • JOSÉ VICENTE - DA REPORTAGEM LOCAL

Nos próximos dias, o Escritório Comercial e Contábil Indiana completará mais de meio século de atendimento à comunidade indianense. Foi em 3 de novembro de 1963 que Agenor Stuani assumiu a empresa, que até então tinha a denominação de Rocha e Lara. Agenor Stuani, técnico em contabilidade, com muito arrojo fez a empresa crescer, abrangendo toda a região. Na política, obteve destaque e projeção chegando ao cargo de prefeito, ao qual não terminou por ter falecido antes. Hoje a empresa é dirigida por sua filha Simone e genro Salvador Roberval.

INOPORTUNO

Em plena segunda-feira, hora de almoço, alguém bate palmas em meu portão. Oferece assinatura de internet, a qual não me interessou. Aí ele quer saber qual a internet que utilizo, e qual o valor. Pronto, aí me ofereceu seus preços e propôs que eu migre para a dele por um preço inferior. Sacanagem, falta de ética, pra mim isso é "negócio sujo". E ficou ali, insistindo, até que pedi licença para voltar ao meu almoço.

OBRA INACABADA

Há sete anos, aproximadamente, foram iniciadas as obras do que deveria ser uma creche para atender as crianças de Indiana. Uma obra com recursos federais, localizada na Rua Marechal Deodoro, esquina com Valentim Gentil. A construção não terminou até hoje, numa mistura de desperdício e incompetência.

E POR FALAR EM OBRAS

O terminal rodoviário de Indiana está em péssimas condições, com seus pilares corroídos, cadeiras mal conservadas. Há muito que se fala em uma reforma necessária, entretanto, esse falatório já vem de longe. Só que nada de concreto acontece. Igualmente acontece com a quadra da Escola Municipal Mariana Madia Poleto, cuja reforma do piso não termina nunca.

ÂNGELO RENA

Motoristas que utilizam a Rodovia Ângelo Rena enfrentam sérios problemas, desde buracos na pista como matagais que invadem os já restritos acostamentos. Mal sinalizada, a rodovia coloca em risco a vida de muitos usuários que trafegam por ali diariamente. A via serve a motoristas de toda a região, principalmente Indiana, Regente Feijó, Martinópolis, Caiabu e Presidente Prudente.

ESTRADA CHORA-CHORA

Estrada muito antiga que lembra os primórdios de nossa região. Na verdade sempre fez a ligação entre Indiana e Martinópolis, e nunca foi pavimentada. Serviu por muitos anos aos moradores das duas cidades que faziam o trajeto no lombo de animais e por meio de carroças, para fazer suas compras de mantimentos. Até hoje é bastante utilizada, inclusive, por caminhoneiros que a utilizam para fugir da balança localizada na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425). Nos últimos dias está meio abandonada pelas prefeituras de Indiana e Martinópolis.

CASAS ABANDONADAS

Algumas residências sem moradores vêm causando apreensão a moradores de Indiana. São casas abandonadas há muito tempo, cujos proprietários não aparecem para limpar. Os matagais, além de dar um aspecto negativo, são perigo constante por abrigarem insetos de toda ordem, principalmente escorpiões.

SELEÇÃO MEDÍOCRE

Para mim, que tive orgulho de ver seleções magníficas como as de 1958, 1962 e 1970, e craques como Pelé, Zagalo, Garrincha, Zito, Vavá, e tantos outros, hoje sinto tristeza de assistir uma seleção medíocre como essa que s​e apresenta.

EM TEMPO

Uma boa dica de lazer e horas bem agradáveis em nossa região é o Pesque Praia Martinópolis, no km 05 da rodovia da Represa Laranja Doce. Pesca esportiva e uma boa culinária com peixe e churrasco. Ambiente familiar, sob a direção do amigo Claudio.

ÚLTIMAS DO AUTOR

NATAL DE PRÊMIOS

  • 20/11/2019 03:13

SUPER-GRÃOS

  • 13/11/2019 02:59

NOVO LOTEAMENTO

  • 30/10/2019 03:45