Maristela organiza festa da Capela São Brás

Evento tradicional da comunidade conta com diversas barracas de comida típica, além do bingo e sorteio de prêmios

Da Redação • 10/02/2018 12:35:08

A Capela São Brás, no Parque Alexandrina, pertencente a Paróquia Nossa Senhora do Carmo de Presidente Prudente, realiza neste sábado, a tradicional festa em comemoração ao dia do padroeiro. Organizado no estilo de quermesse, o evento contar com diversas barracas, como de pastel, espetinho, doces, cachorro quente, bebidas, além de sorteio de prêmios.

“A tradição era ser feito o pão de São Brás. Depois, começamos a dividir, criar mais barracas, realizar promoções beneficentes. Tudo isso em função, inicialmente, de construir a igreja. Posteriormente, fizemos toda a parte do Centro de Catequese. Nessa festa, nós estamos angariando fundos para realizar a reforma do salão da capela”, aponta o pároco Rodrigo Gomes de Moreno.

Veranice Aparecida Silva Santos já participa da organização há quatro anos e conta que a festa é uma tradição para a comunidade. “É um acontecimento sempre muito aguardado e que envolve a participação de todos. Os preparativos começaram no ano passado e tudo que precisa estamos ajudando”, frisa.

A maior parte da festa é realizada com doações da própria comunidade e também de pessoas de fora. Para Luciano Aparecido dos Santos, coordenador geral há quatro anos, é mais uma oportunidade para as pessoas se envolverem com a comunidade e trabalharem em união.

“É sempre uma correria durante o período de organização, mas é um trabalho muito gratificante. No ano passado, nossa arrecadação ultrapassou as expectativas. Esperamos contar com a mesma graça esse ano”, conta Luciano.

 

Tríduo de São Brás

O evento é apenas uma das comemorações. Como preparação para o dia do padroeiro, celebrado em 3 de fevereiro, ocorreu na Capela São Brás, de 31 de janeiro a 2 de fevereiro, o tríduo. Foram três dias de missa, cada uma com um tema, para que os fiéis pudessem vivenciar esse período e receber bênçãos.

“Cada vez que nós convidamos as pessoas para receber uma benção ou levar um objeto para ser abençoado, nós estamos fazendo com que as famílias ou o ambiente em que aquele objeto será colocado seja também sacralizado. Com isso, nós estamos confiando que essa benção ultrapasse a igreja e se faça presente dentro de cada lar”, aponta o padre.

 

Comunidade

A Capela São Brás é a primeira comunidade a pertencer a Paróquia Nossa Senhora do Carmo, iniciando os trabalhos em 1985. A igreja, construída para as celebrações e reuniões, foi inaugurada no ano seguinte por dom Agostinho Marochi, bispo da época, porém com outro nome, o de São Paulo Apóstolo. Apenas em 2003, com a reformulação da capela, São Brás se tornou o padroeiro da comunidade. Em 2010, a capela foi reinaugurada por padre Antônio Girotti e dom José Maria Liborio Saracho.

Luciano frequenta a capela desde 1997 e participou da evolução da comunidade. Ele relembra os tempos em que a rua ainda era de terra, a capela antiga e não havia salas de catequese. “É fantástico ver como tudo evoluiu. A união da comunidade nas ações de arrecadação para as construções e reformas fez toda a diferença. O compromisso de todos, apesar das dificuldades, e a obediência, ajudaram a comunidade a caminhar.”

Para Veranice, ver o crescimento da comunidade é gratificante. “Em 16 anos que eu participo, já mudou muita coisa. Ver o desenvolvimento é gratificante. A luta foi grande e trabalhamos bastante, mas, com certeza, é uma vitória.”

Com AI

 

Serviço

A Festa de São Brás ocorre hoje, a partir das 19h30, na Quadra Coberta, do Parque Alexandrina, localizada na Rua Luis Bonassi, s/n (próximo a Escola Municipal de Educação Infantil professor Firmino de Almeida). O evento é gratuito. Toda a comunidade prudentina está convidada.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste