Cotidiano

Mais que presentes, crianças precisam de amor, carinho e cuidado

10/10/2018 12:14:34

O dia das crianças está próximo e, como em todos os anos, lojas, shoppings, centros comerciais e até mesmo os sites devem - se já não estão - ficar congestionados com pessoas atrás dos presentes mais cobiçados pelos pequenos. Estimativa de ontem da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) aponta que as vendas associadas à data devem movimentar R$ 7,4 bilhões neste ano, que representa uma alta de apenas 1,5% – já descontada a inflação – na comparação com 2017. Resultado que, se confirmado, será menor que o registrado no ano passado, quando as vendas aumentaram 2,6% em relação a 2016.

Para a economia o período é um alento, como em outros ao longo do ano, como o dia das mães, pais, namorados e Natal. É nesta época, também, que o comércio aproveita para desovar os estoques, aumentar as vendas e, consequentemente, os lucros. Mas nem só de presentes vivem as crianças. O dia delas é pra se comemorar e presentear sim, mas não com o intuito de se compensar uma afetividade ou atenção negada ao longo do ano. Presentes não quitam dívidas de amor, carinho e cuidado devidos de pais pra filhos. Amor, com amor se paga, não com uma lembrancinha qualquer de dia das crianças, por mais cara ou desejada que seja.

Vivemos em uma sociedade consumista, que mais favorece o ter que o ser, o dar ao se doar. E, em meio a esse turbilhão individualista muitas vezes as pessoas se esquecem das demandas que os relacionamentos trazem consigo. Não basta apenas ostentar o título de pai ou mãe, as funções possuem especificidades e responsabilidades que não podem simplesmente ser terceirizadas, por exemplo, à escola ou ao Estado.

Por isso, mais do que presentes – ainda que legítimos – o dia das crianças serve também para lembrar que elas precisam de atenção, precisam ser educadas – em casa, pelos pais ou responsáveis, não apenas pela escola. Criança não se cria sozinha, precisa ser orientada, disciplinada, cuidada de perto por um ou mais adultos, que se constituem em espelhos para os mais novos.

E aqui está a maior responsabilidade dos grandões. Qual imagem você reflete para próxima geração? Qual referência de adulto, cidadão, pai ou mãe de família seu filho tem ao olhar para você? Neste dia das crianças comemore sim, presentei bastante, faça algo diferente, mas não se esqueça que seu maior legado na terra são seus filhos e os seres humanos que eles se tornarão, não a quantidade de dinheiro na conta bancária no momento da partilha dos bens.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste