Luciano Baiano inicia os trabalhos no Grêmio

Equipe acumula derrotas na Segunda Divisão e novo treinador mira na efetividade a curto prazo para tirar o time do sufoco

JULHIA MARQUETI - Especial para O Imparcial • 02/05/2018 20:36:11

Técnico comandou seu segundo treino no Grêmio na tarde de ontem. Foto: Marcio Oliveira

Passadas quatro rodadas do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o que mais se somou no Grêmio Prudente foram os números de técnicos. Até o momento, dois treinadores já deixaram a equipe. Logo no início da competição, após o primeiro jogo, Paulo Silva entregou o cargo. Agora, após a quarta rodada e quarta derrota, Fiuza foi demitido e deu espaço para Luciano Baiano, nome muito conhecido na região. O ex-técnico do Osvaldo Cruz agora comanda o time prudentino e tem um grande desafio pela frente: recuperar os pontos perdidos desde o início da Segundona e realizar um trabalho perfeito a curto prazo.

Dizendo gostar de desafios, o treinador conta que os planos para o elenco são os melhores possíveis diante da estrutura do clube e das condições de trabalho. “Acredito que temos totais condições de sair dessa situação”, afirma. De acordo com ele, o elenco precisa aprender mais sobre conceitos, mais diretamente sobre o jogo em si. “Precisam entender mais o jogo, a filosofia de jogo que o futebol moderno exige hoje em dia de acordo com o trabalho. Espero que eles consigam se adaptar e dar boa resposta dentro de campo”, destaca.

O técnico teve até o momento apenas dois dias de treinos, realizados no CT (Centro de Treinamento) Flávio Araújo, no Jardim Everest, mas explica que buscou conhecer alguns jogadores antes de aceitar a proposta. “Conheço alguns porque acompanhei jogos. Um destes jogos eu comandava outra equipe e os outros consegui acompanhar através de vídeos. Considero que a equipe tem jogadores interessantes”, afirma.

Questionado sobre trabalho a longo prazo no time prudentino, o treinador não esconde que seu objetivo principal no momento é afastar a fase ruim que a equipe passa. “Pode ser a longo prazo, mas no momento a prioridade é a curto prazo. Resolver esse problema que eu tenho aqui e estou preocupado no momento”, conta. Segundo ele, se isso for resolvido, tudo será mais fácil para seguir adiante. “Precisamos primeiro desta resposta positiva e aí saberemos se vamos ficar por aqui mesmo”, relata.

E o treinador tem três dias para achar a equipe ideal que vai a campo diante do Andradina, no sábado. Para ele, o desafio se torna ainda maior, já que tem que conhecer o seu próprio elenco e também o do adversário. Seu estudo foi feito da mesma maneira em que conheceu parte do elenco prudentino, através de vídeos. “Já pude assistir alguns vídeos, já observei que gostam muito de apostar na bola aérea, então temos que nos precaver bastante”, afirma.

Negociação

O técnico saiu do comando do Azulão no dia 16 de abril, após a primeira rodada. O motivo não foi divulgado, mas boatos em relação ao seu futuro time correram rápido. Desde a semana passada, os torcedores comentavam sobre a possibilidade de ter Luciano Baiano no time prudentino, mas isso só foi confirmado na última segunda-feira. Sobre isso, o treinador admite que tiveram sondagens antes do fechamento oficial, mas nenhuma conversa séria. “Tivemos uma conversa amistosa a respeito do trabalho, forma de trabalho. Foi mais uma sondagem e isso aparecia desde quando saí do Osvaldo Cruz, mas acredito que por ser da região, isso teve essa ênfase maior”, comenta.

Sobre seu antigo clube, Luciano Baiano afirma não ter magoas e diz que seu trabalho está focado agora no Grêmio Prudente. “Ainda temos mais uma partida e espero jogar contra eles estando em uma melhor condição e em uma boa pontuação. Tentando buscar, quem sabe, os três pontos”, completa.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste