SESSÃO ORDINÁRIA

Lei para nova sede da Câmara é revogada

  • 02/10/2019 06:55
  • THIAGO MORELLO - Da Redação

Durante a sessão ordinária de ontem, os vereadores da Câmara Municipal de Presidente Prudente aprovaram cinco PLs (projetos de lei). Do total, dois deles foram apreciados com urgência, sendo um deles referente à revogação da propositura sobre a destinação de área pública para construção da nova sede da casa de leis do município.

Desta forma, a aprovação do PL revoga a Lei 7.100/2009, de autoria do ex-prefeito Milton Carlos de Mello, Tupã. Trata-se de uma área localizada às margens da Rodovia Júlio Budiski (SP-501), no bairro Aeroporto.

A justificativa, no PL aprovado, refere-se ao fato de que a área não será mais utilizada pelo Legislativo, uma vez que a casa de leis já ocupa um espaço que foi reformado e adaptado, recentemente, na Avenida Washington Luiz.

Expediente

Houve ainda a aprovação de 35 requerimentos de providências e de informações; quatro moções; dois requerimentos de pesar; um requerimento de cartão de prata; um requerimento de diploma de honra ao mérito - este com urgência; 53 requerimentos de congratulações e o encaminhamento de 61 indicações de melhorias em bairros para o Executivo.

Na oportunidade, os vereadores receberam, ainda, cerca de 40 psicólogos que operam na rede pública. O momento foi para debater o que os profissionais buscam: alteração da jornada de trabalho. Atualmente, os profissionais apontaram que cumprem carga horária de 40 horas semanais, mas o ideal seria de 30 horas, seguindo “a tendência nacional”.