GINÁSTICA MULTIFUNCIONAL

Laço de amizade fortalece com atividades físicas

Com mais de 20 participantes, entre 14 e 77 anos, grupo cria sintonia e amizade além do esporte no Sesc

JULHIA MARQUETI - Especial para O Imparcial • 30/03/2018 16:26:08

Foto: Cedida/AI do Sesc Thermas - Grupo de ginástica chama a atenção pelo laço de amizade criado

As aulas de terça e quinta-feira na Ginástica Multifuncional do Sesc Thermas contam com um ingrediente a mais para aqueles que participam. Buscando melhora na saúde e condicionamento físico, praticantes ganharam um bem estar ainda melhor: um grupo acolhedor e amizades que não ficam apenas dentro da sala.

Atualmente, o grupo reúne 20 integrantes de diferentes faixas etárias, gênero, cidades e tempo de vivência. Além disso, diversas atividades são organizadas dentro e fora da unidade, como a realização de uma confraternização, no início de março, realizada na chácara de Sonia Lopes, 64 anos, - um acontecimento provando que a amizade vai além das aulas. “Sabemos que são pessoas que podemos contar. Foi muito bom, diferente! Não participaram apenas aqueles que frequentam as aulas, mas seus familiares também”, lembra Sonia.

Segundo ela, quando entrou no grupo, há quatros anos, nunca imaginou que vivenciaria estes momentos de união. Os laços de amizade foram se fortalecendo a cada conversa, cada risada, cada acolhimento dos que ali estavam. “Fomos construindo isso aos poucos. Não consigo faltar. Não reparamos em idade, temos jovens de 15 anos, nunca imaginei ter amizade com um menino dessa idade [risos]. Comento isso com eles. Que ninguém se importa com idade ali, todos valorizam o bem que uma amizade provoca na vida de alguém. Confesso que hoje não consigo me ausentar”, destaca Sonia.

Acolhimento

Quando se fala de acolhimento, um exemplo maior é citado por Andreia Galli, 36, outra participante das aulas. “Quando entrei, há um ano e meio, estava passando por momentos difíceis de um divórcio. Senti-me adotada ali, eles me ouviram e me acolheram de uma forma diferenciada”, lembra Andreia.

Para ela, ao tentar superar barreiras, por meio de atividade física, como conseguir fazer uma caminhada mais longa, ou uma corrida, foram rompidas travas de socialização, tornando-se este, o ponto mais importante de tudo. “Não imaginava nada tão gostoso, além de melhorar o condicionamento, o nosso laço afetivo melhora toda a nossa vida, o psicológico. Ou seja, tudo”, enfatiza.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste