Cedida - Paulo destaca equipe adulta, que tem apenas 3 anos, com excelentes lutas, evolução e com um judô muito competitivo

Foto: Cedida - Paulo destaca equipe adulta, que tem apenas 3 anos, com excelentes lutas, evolução e com um judô muito competitivo

Judocas no tatame de Itapecerica

Equipe da Semepp/Bushido, de PP, esteve representada sábado na Fase Final do Paulista e, no domingo, no Torneio Benemérito Por Equipe conquistando pódios

  • 08/10/2019 07:02
  • OSLAINE SILVA - Da Redação

A equipe de judô da Semepp/Bushido, de Presidente Prudente, representou a cidade no fim de semana, em dois campeonatos em Itapecerica da Serra (SP), pela Federação Paulista de Judô.

No sábado, disputou com atletas nas categorias sub15, sub 18 e adulto pela Fase Final do Paulista. “Tivemos um crescimento significativo. No ano passado, nessa mesma competição, tínhamos três atletas e conseguimos duas medalhas, nesse ano classificamos sete e conquistamos três medalhas com Henrique Almeida Cabral, campeão, e na terceira colocação Paulo Vitor A. Mendonça e Vagner Souza Machado”, expõe o professor da equipe, Paulo Costa Júnior, 36 anos.

“DENTRO DAS POSSIBILIDADES, GOSTO DE ESTAR PARTICIPANDO DAS COMPETIÇÕES E CONSIDERO QUE FIZ UMA BOA LUTA E GOSTEI DO MEU DESEMPENHO”

Paulo Costa Júnior

No domingo, a Semepp/Bushido teve como representantes no Torneio Benemérito Por Equipe, judocas do sub-11, sub-13, sub-18, adulto e master. “Tivemos 15 atletas em diversas categorias, mas vou dar destaque à nossa equipe adulta que é nova, tem apenas três anos e, mesmo todos sendo estreantes, fizeram bonito com excelentes lutas mostrando evolução e apresentando um judô muito competitivo. Esse torneio é muito forte e tradicional no cenário nacional, onde diversos atletas da Seleção Brasileira de Judô participam por suas equipes”, destacou o professor, salientando que fica o aprendizado para que possam voltar melhor no próximo ano.

Paulo, que lutou na categoria master (acima de 30 anos), revela que é muito gostoso poder lutar ainda. “Ainda mais em um campeonato de tanto prestígio! Dentro das possibilidades, gosto de estar participando das competições e considero que fiz uma boa luta e gostei do meu desempenho”, comenta o professor de judô.