Investimento em projetos inovadores fomenta desenvolvimento tecnológico

  • 05/07/2019 04:00

A edição de ontem deste periódico trouxe dois casos de empreendedores jovens que foram classificados na terceira etapa do edital de aceleração e fomento de projetos de inovação tecnológica para pessoas físicas. Os dois, somados a outros oito, recebem agora uma bolsa-auxílio no valor de R$ 1 mil e serão acompanhados e avaliados por especialistas durante cinco meses para transformarem seus projetos em startups e, desta forma, inserirem seus produtos no mercado.

Um deles é o aplicativo Yumbrel – Você no local certo, plataforma de localização de espaços inclusivos para a população LGBTQIA+ que vão além das casas noturnas. Já o segundo recebe o nome de Compost, empresa responsável pela gestão de resíduos orgânicos por meio da compostagem. A equipe que está à frente do projeto realiza o plantio de alimentos a partir das composteiras, que são entregues, ao final de cada mês, aos clientes que fazem parte.

Pano de fundo para o certame em questão, a Inova Prudente tem acertado muito ao investir em projetos independentes que buscam fomentar a tecnologia e a inovação no município. Em um mundo cada vez mais globalizado e conectado, é preciso que ideias como estas sejam descobertas e exploradas com o objetivo de contribuir para a criação e consolidação de produtos e serviços com uma visão totalmente nova, capazes de revolucionar o modo de pensar e agir da sociedade e trazer mais praticidade, conforto, sustentabilidade, inclusão e conhecimento para o dia a dia das pessoas.

A Inova acerta também ao dar espaço para que mentes jovens projetem essas ideias e invistam em seu futuro profissional, tendo a chance de empreenderem e, por meio de suas startups, ajudarem no desenvolvimento tecnológico, expansão do mercado e aumento de produtividade do capital e do trabalho.