LONGEVIDADE

Inclusão digital e acesso à informação são temas de palestras para idosos

Prudente receberá encontros que vão tratar da importância da comunicação para relacionamento e socialização do público 60+

  • 02/12/2019 16:15
  • DA REDAÇÃO

Segundo recente pesquisa divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a expectativa de vida do brasileiro ao nascer chegou aos 76 anos e 3 meses. A OMS (Organização Mundial da Saúde) considera que o crescimento da população idosa é um dos maiores desafios deste século em todo mundo e no Brasil. No caso da RA (Região Administrativa) de Presidente Prudente, que reúne 53 municípios, a expectativa é que a população com mais de 60 supere em 50% a faixa etária entre 15 a 19 anos até 2030, seguindo, portanto, a tendência mundial.

Com os olhos voltados para a mudança de realidade do público sênior nos últimos anos – maior expectativa de vida, mudanças de comportamento e os impactos da ciência e da tecnologia –, a Raisp (Rede Amigo do Idoso de São Paulo) realiza em Prudente duas palestras voltadas para a inclusão digital do público 60+. O encontro ocorrerá na quinta-feira, dia 5 de dezembro, às 14h, no Teatro César Cava, no Campus 1 da Unoeste (Universidade Oeste Paulista).

A Rede Amigo do Idoso foi criada este ano pela Fapetec (Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino, Tecnologia e Cultura). O objetivo da iniciativa é conscientizar este público, que deverá dobrar no país até 2050, sobre a importância dos meios de comunicação como instrumento de relacionamento e socialização. Um público que precisa estar consciente de como e por que a tecnologia precisa fazer parte do seu dia a dia, pois é através dela que a informação e o conhecimento circulam e, consequentemente, lhes permite ter uma visão mais clara do presente e do futuro que os aguarda.

Dois temas serão abordados nas palestras em Prudente. O primeiro será “Comunicação e longevidade”, com uma exposição do estudioso dos impactos da ciência e da tecnologia na longevidade e influenciador 50+, Ricardo Mucci. Já a segunda palestra terá como tema “Uma rede para todos – compartilhar para somar", ministrada pelo profissional de Tecnologia da Informação, José Geraldo Magalhães, que falará sobre a importância da Rede Amigo do Idoso como canal de comunicação e integração da população idosa do Estado de São Paulo.

O objetivo da Rede Amigo do Idoso é difundir, com apoio dos conselhos municipais de idosos do Estado de São Paulo, um conjunto de ações públicas e privadas, voltadas para a valorização e a qualidade de vida da população 60+. A ação presencial envolve a realização de 32 palestras gratuitas, programadas para acontecerem em novembro e dezembro de 2019 e maio de 2020, em 15 cidades-polo de São Paulo e na capital paulista.