Marco Vinicius Ropelli - Representantes da diretoria e corpo clínico de HRCPP tiraram dúvidas sobre o centro de tratamento

Foto: Marco Vinicius Ropelli - Representantes da diretoria e corpo clínico de HRCPP tiraram dúvidas sobre o centro de tratamento

CONTRA O COVID-19

HRCPP disponibiliza 90 leitos, sendo 10 de UTI

Medida se dá após pedido do Estado, por meio do DRS-11; diretoria do hospital solicitou, mensalmente, R$ 1.088.727,19 para contratação de funcionários

  • 21/03/2020 05:29
  • MARCO VINICIUS ROPELLI - Especial para O Imparcial

O HRCPP (Hospital Regional do Câncer de Presidente Prudente), atendendo ao pedido do Estado, por meio do DRS-11 (Departamento Regional de Saúde-11), disponibilizou oficialmente 80 leitos de internação e 10 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para tornar-se um centro de tratamento do Covid-19 (novo coronavírus) na região, para casos que necessitem internação, moderados e graves, contanto que o Estado de São Paulo compreenda as necessidades do hospital, como a contratação de profissionais e insumos.

A informação foi transmitida durante entrevista coletiva, concedida na manhã de ontem pelo presidente do HRCPP, Francelino Magalhães, na companhia do gerente administrativo José Roberto Custódio Garcia, do procurador jurídico Danilo Hora, do diretor técnico Luiz Antônio Bugalho, do diretor clínico Felipe de Paula, do infectologista Rodrigo Sala Ferro, da coordenadora de enfermagem da UTI  e internação Vanessa Arriero e da coordenadora de enfermagem e cento cirúrgico Léia Sichieri.

De acordo com Francelino, a estrutura do hospital, construída com o apoio da comunidade, está pronta para atender os infectados pelo Covid-19, entretanto, será necessário um grande quadro de funcionários para atender a demanda esperada pelas autoridades de saúde. O HRCPP enviou ao Estado a proposta de R$ 1.088.727,19 mensalmente, para arcar com os custos das contratações. Outra necessidade do Hospital Regional do Câncer é que o governo estadual garanta o pagamento dos fármacos ao HRCPP com o preço da nota fiscal e não com o valor repassado ao SUS (Sistema Único de Saúde), que é uma porcentagem menor. De acordo com os representantes, o HRCPP não tem condições de arcar com esta diferença sozinho.

Francelino afirma que não há prazo para a resposta do Estado, porém, espera-se que ela venha na próxima semana, visto que a doença avança rapidamente e a pressa maior, de acordo com ele, é do governo estadual.

Perguntado se a disponibilização de vagas para o tratamento do novo coronavírus seria suficiente para a região de Presidente Prudente, o infectologista Rodrigo Ferro afirmou que as perspectivas apontam que não, por isso estuda-se a possibilidade de seguir a orientação do Ministério da Saúde e, se necessário, utilizar o centro cirúrgico como UTI.

TRATAMENTO

ONCOLÓGICO

De acordo com o médico oncologista Luiz Bugalho, o tratamento dos pacientes com câncer não muda nada. “Será feito um plano de ação para que não haja risco aos pacientes oncológicos. Tentaremos uma parceria com a santa casa para esses tratamentos, para não incomodarmos esses pacientes”, destaca.

“Isso pode assustar os pacientes, visto que o paciente que faz quimioterapia é do grupo de risco, imunossuprimido, debilitado. Vai ser feito um contingenciamento para que não haja riscos”, completa o médico.

Cargos a serem contratados enquanto durar a pandemia:

LEITOS

1 analista de tecnologia da informação

2 operadores de caixa

1 técnico de segurança do trabalho

1 assistente social

2 auxiliares de monitoramento

26 auxiliares de limpeza

1 auxiliar de marketing

142 técnicos de enfermagem

7 auxiliares de cozinha

1 auxiliar administrativo

1 eletricista de manutenção

2 cozinheiros

2 assistentes de recursos humanos

4 recepcionistas de ambulatório

2 farmacêuticos

25 enfermeiros

14 técnicos em farmácia

1 nutricionista

1 técnico de nutrição

1 lactarista

1 técnico em eletrônica

8 copeiros

3 auxiliares de manutenção predial

3 almoxarifes

1 analista de compras

8 auxiliares de faturamento

4 médicos plantonistas

UTI

21 técnicos em enfermagem

2 enfermeiros

2 médicos plantonistas

Fonte: HRCPP