Rodrigo Batista e Zi Cardoso/Cedida - Evento proporciona troca de experiências entre mães, gestantes e

Foto: Rodrigo Batista e Zi Cardoso/Cedida - Evento proporciona troca de experiências entre mães, gestantes e

QUEBRANDO TABUS

Hora do Mamaço conscientiza sobre aleitamento materno

Em sua terceira edição, o evento promete se munir de informação e conscientização para demostrar a importância da amamentação para o desenvolvimento da criança

  • 25/08/2019 06:21
  • MARCO VINICIUS ROPELLI - Especial para O Imparcial

A discussão da amamentação em público é antiga. Habita desde as casas de família até o Congresso Nacional. Por mais que pareça algo simples, ainda hoje é cercado por muitos tabus. É justamente a fim de conscientizar a respeito destas questões que o grupo Gesta Prudente realiza a Hora do Mamaço que, em 2019, chega à terceira edição com o tema “Empoderar pais e mães”. As atividades iniciam às 15h deste domingo, no Parque do Povo de Presidente Prudente, na Avenida 14 de Setembro, próximo ao número 950.

De acordo com a doula Alline Largueza dos Reis Matricardi, organizadora do evento, a partir do tema, o objetivo é chamar a atenção da sociedade para o aleitamento materno. No Brasil, as mães amamentam 54 dias em média, a OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda no mínimo seis meses, se estendendo por dois anos ou mais. “Além disso, a ideia é desmistificar o tabu da amamentação, principalmente em espaço público e de bebes maiores”, destaca.

Alline explica, ainda, que existem dados científicos que demonstram que quanto mais tempo a criança recebe o aleitamento materno, maior a inteligência do jovem, melhor o rendimento escolar e existem até relações com maior poder aquisitivo. Resta, então, o questionamento. Se as vantagens são tão notáveis, porque existe, ainda, o tabu? A doula é taxativa: “Falta de informação!”. Ela explica que é preciso insistir neste viés, tanto para gestantes, quanto aos pais e familiares. “O evento não é só para mulheres, é para a família, companheiro, esposo. A informação transforma a vida das pessoas, precisamos tocar na ferida”, enfatiza.

Programação

Alline Matricardi, coordenadora do Gesta Prudente, espera cerca de 200 participantes neste domingo, tendo em vista que o aumento de público é progressivo desde as últimas edições. “A principal ideia é proporcionar troca de experiências”, salienta. Para isso, a programação foi pensada com o intuito de sempre permitir a interatividade. Estará presente a médica pediatra especialista em amamentação, Patrícia Santana, que ministrará uma palestra sobre o assunto. Haverá aula de ioga para gestantes, exposição de fotos de mães amamentando no dia a dia, espaço de atividades lúdicas para os bebes, plantão de duvidas, piquenique coletivo e sorteio de brindes.

Um destaque é a presença do Banco de Leite do munícipio, que fará o cadastro de doadoras de leite no local. A organizadora se empolga ao perceber que mais que um simples evento, a Hora do Mamaço representa uma intervenção de conscientização. “Fazer um evento público com mulheres amamentando, já é uma forma de fazer a sociedade olhar de forma diferente”, completa.

Doula?

Muita gente não conhece esta profissão. Alline explica que doula é uma profissional que dá suporte à gestante antes, durante e depois do parto, principalmente no que se refere a questões emocionais. Auxilia nas questões durante a gestação, na preparação do parto e depois do nascimento, com os cuidados gerais com o bebe.