FERIMENTOS GRAVES

Homem é preso ao tentar matar e atropelar a ex-mulher

Segundo a Polícia Civil, o homem não aceitava o fim do relacionamento, que durou 15 anos; vítima estava a caminho do trabalho quando notou a perseguição

  • 08/05/2019 18:15
  • ROBERTO KAWASAKI - Da Redação

Nesta manhã, um homem de 34 anos foi detido em Junqueirópolis depois de tentar atropelar e desferir golpes contra a ex-mulher, que havia adquirido recentemente uma medida protetiva para afastamento do acusado. O crime ocorreu entre a Avenida Bandeirantes e Rua da Paz, enquanto a mulher caminhava para ir ao trabalho.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima é faxineira e foi casada com o indivíduo durante 15 anos. A separação ocorreu há seis meses.  Segundo os militares, por volta de 7h30 de hoje a mulher de 34 anos percebeu que estava sendo perseguida pelo ex-marido. Desta forma, começou a desviar o percurso e foi para o outro lado da via.

Foi naquele momento em que o autor, que dirigia um carro, efetuou a primeira tentativa de atropelamento. Como ela conseguiu desviar, tentou concretizar a ação pela segunda vez, o que resultou na queda da mulher ao solo. “O marido estava inconformado com o fim do relacionamento. Ao dar marcha à ré, percebeu que ela tentou fugir e desceu do carro para espancá-la”, afirma o delegado de Polícia Civil, Eliandro Renato dos Santos.

Tentativa de sufocamento

Enquanto segurava a mulher no chão, o homem passou a desferir socos contra ela e colocou as mãos no pescoço na tentativa de sufocá-la. A mulher já estava quase desfalecida, quando um pedestre que passava pela rua conseguiu deter o agressor e chamou a polícia. No local, os militares constaram que a vítima tinha escoriações e hematomas de natureza grave, e a encaminharam à santa casa para receber atendimentos médicos.

Na Delegacia de Polícia Civil, apurou-se que o acusado trabalha como pedreiro. Em depoimento às autoridades, negou os fatos, e disse que tentou “apenas conversar” com a ex-mulher, o que teria sido recusado por ela. De acordo com o delegado do município, depois de analisados os fatos, o homem foi autuado por tentativa de homicídio, lesão corporal e descumprimento de medida protetiva.