Estupro de vulnerável

Homem é preso acusado de abusar sexualmente de menina

ROBERTO KAWASAKI - Da Redação • 08/01/2019 04:07:00

Um homem de 52 anos foi preso preventivamente, acusado de abusar sexualmente de uma menina de 8 anos, na madrugada de ontem, em Flórida Paulista. Enquanto o autor, que é companheiro da avó, cometia os abusos, a criança conseguiu fugir e se escondeu em um cômodo da residência, onde pegou um aparelho celular e mandou mensagem de socorro para a mãe.

A ocorrência foi registrada por volta de 2h40, quando uma equipe da Polícia Militar realizava patrulhamento pelas vias da cidade. Nas proximidades da santa casa, os militares foram abordados pela mãe da vítima, que relatou o abuso sexual cometido pelo homem. Na ocasião, a criança estava sendo atendida pela equipe médica, que constatou indícios de violência sexual, porém, sem lesões físicas.

Depois de coletadas as informações sobre a denúncia, a equipe se deslocou ao imóvel na Avenida Regina Stéfani e abordou o homem. No local dos fatos, a guarnição também localizou a avó da menina dormindo em um dos cômodos com indícios de que havia ingerido bebida alcóolica e medicamentos. “Tudo começou durante um curto-circuito na residência em que a menina dormia. Na escuridão, o companheiro da avó tentou manter relações sexuais com a criança que, bastante assustada, correu na tentativa de se esconder. Ela disse que mesmo assim o homem a perseguiu, no entanto, como estava embriagado, desistiu e dormiu”, relata o delegado Hilton Testi Renz.

Após breve entrevista com o indivíduo, a Polícia Militar deu a ele voz de prisão em flagrante por violência doméstica e estupro de vulnerável, sendo conduzido à Delegacia de Polícia Civil. De acordo com a autoridade que atendeu o caso, durante depoimento, o acusado “negou totalmente o abuso”, mas, durante audiência de custódia, a Justiça decidiu pela prisão preventiva diante do relato da vítima e antecedentes criminais do autor.

Histórico de conflitos

Segundo a Polícia Militar, o acusado por abusar da criança já é conhecido nos meios policiais por furto e atentado violento ao pudor. Ainda, a corporação acrescenta que tanto ele quanto a avó da criança têm o hábito de ingerir bebidas alcóolicas, sendo que na residência também foram encontrados diversos remédios. Enquanto o inquérito policial está em andamento, o indivíduo permanecerá em cárcere.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste