Homem é multado por captura de aves nativas

À Polícia Ambiental, autor relatou que comercializava espécies devido a sua situação financeira; parte dos animais foi solta

THIAGO MORELLO - Da Redação • 04/04/2018 11:41:12

. Foto: Polícia Militar Ambiental | No total, 26 pássaros foram aprendidos nos locais fiscalizados

Um morador de Rosana levou uma multa de R$ 53 mil, após ser pego com aves para serem usadas em comercialização clandestina. De acordo com as informações da Polícia Militar Ambiental, os animais silvestres foram localizados após denúncias. Inicialmente, o valor da infração era de R$ 26,5 mil, porém, foi majorado ao dobro, pois o envolvido estava obtendo vantagem pecuniária. O indivíduo possui outras duas passagens pela mesma ocorrência. Parte dos pássaros já foi solta à natureza.

O caso ocorreu na tarde de anteontem, por volta das 16h. Na primeira ocasião, os agentes se dirigiram até um imóvel na Rua Maria Moraes Soares, onde visualizaram várias gaiolas na varanda, contendo seis espécies de aves, sendo elas: curió, coleirinho papa-capim e canário-da-terra-verdadeiro. À polícia, o proprietário disse que os animais pertenciam ao filho dele, morador de outro local.

Dito isso, a polícia foi até o endereço indicado. O acusado liberou a entrada à residência, no qual foi constatada a existência de mais 20 aves nativas, além de gaiolas e alçapões. O envolvido declarou que “devido a sua situação financeira”, estava “vivendo da negociação das aves silvestres”, ainda de acordo com o policiamento.

Das 26 apreensões, quatro animais estavam com anilhas fechadas. Em consulta no sistema SisPass (Sistema de Controle e Monitoramento da Atividade de Criação Amadora de Pássaros), o sistema revelou que os pássaros eram oriundos de um plantel amadorista em Teodoro Sampaio, com declaração de fuga e óbito. Elas permaneceram apreendidas, enquanto as demais aves, a equipe realizou a soltura, uma vez que as espécies são nativas da região. As gaiolas, alçapões e viveiro também ficaram retidos e serão destinados conforme determinação da Justiça.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste