FLAGRANTE  

Homem derruba portão e agride ex-companheira em Prudente

Vítima de 52 anos tinha em favor a medida protetiva; durante a madrugada, recebeu ligações e mensagens com xingamentos, antes do agressor invadir imóvel  

  • 24/04/2019 16:36
  • ROBERTO KAWASAKI - Da Redação

Nesta manhã, um homem de 47 anos foi preso por descumprimento de medida protetiva. O fato ocorreu na Rua Teófilo Nascimento, na Vila Verinha, em Presidente Prudente. Segundo a polícia, ele teria utilizado um veículo para derrubar o portão e porta da casa, onde agrediu a mulher e uma adolescente. O acusado está à disposição da Justiça.

Conforme a Polícia Civil, a medida protetiva em favor da vítima, 52 anos, foi decretada após a separação do casal. De acordo com o relato que consta no boletim de ocorrência, a mulher alegou que depois de concedido o benefício o homem a procurou e a ameaçou, bem como aos filhos, caso não reatasse o relacionamento.

Desta forma, ela teria voltado a conviver com o acusado por aproximadamente 15 dias. Ontem, a mulher terminou novamente o relacionamento e voltou para a casa. Durante esta madrugada, ela afirma ter recebido diversas ligações telefônicas e mensagens com xingamentos por parte do indivíduo.

Força de veículo

Depois do episódio, a mulher foi novamente surpreendida por uma ligação do homem que disse estar indo ao imóvel onde ela reside. Desta forma, a vítima acionou a Polícia Militar antes da chegada do acusado. Logo que chegou à residência, o indivíduo rompeu o portão por meio de um veículo, e prosseguiu derrubando a porta da cozinha, onde havia uma geladeira escorada.

De acordo com a Polícia Civil, ele rompeu a porta da sala e jogou os sofás que estavam impedindo a passagem. Na ocasião, uma adolescente de 14 anos ficou ferida devido à ação do agressor. Ao encontrar a ex-companheira, que estava no quarto, ele a empurrou “violentamente”, resultando em ferimentos nos braços e pernas dela.

Emprego de força

Naquele momento, os policiais militares chegaram e, com emprego de força moderada, conseguiram conter o acusado e o algemaram. Na Delegacia Participativa, afirmou ter ingerido bebida alcóolica, mas negou as agressões. Diante dos fatos, o delegado Marcelo Silva Costantini decretou a prisão em flagrante do indivíduo.