Polícia Militar Rodoviária - Homem alegou que o material era para consumo próprio e que tinha relação com sua religião

Foto: Polícia Militar Rodoviária - Homem alegou que o material era para consumo próprio e que tinha relação com sua religião

SANTO ANASTÁCIO

Homem alega motivo religioso para transportar droga em ônibus

Equipe abordou um ônibus com itinerário de Campo Grande (MS) à capital paulista, transportando 18 passageiros e, ao realizar vistoria no interior do coletivo, agentes notaram “demasiado estado de nervosismo”

  • 22/11/2019 15:31
  • WEVERSON NASCIMENTO - Da Redação

Na tarde de ontem, a Polícia Militar Rodoviária encontrou, com um rapaz de 25 anos, 22 gramas de maconha e 1,20 g de haxixe. O homem alegou que o material era para consumo próprio e que tinha relação com sua religião. A ocorrência foi registrada no km 0,100 da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Santo Anastácio.

Segundo o policiamento, durante ações de fiscalização, a equipe abordou um ônibus com itinerário de Campo Grande (MS) à capital paulista, transportando 18 passageiros e, ao realizar vistoria no interior do coletivo, agentes notaram no passageiro em questão “demasiado estado de nervosismo”.

Ao ser executada vistoria minuciosa em seus pertences, segundo o policiamento, foi localizada uma mala no bagageiro externo de posse do respectivo indiciado e uma bolsa contendo diversas porções de entorpecentes.

Questionado, o passageiro alegou que a droga era para consumo próprio e que tinha relação com sua religião. Diante dos fatos, o autor foi conduzido ao plantão de Polícia Judiciária de Santo Anastácio pela prática de porte de entorpecentes.

O delegado plantonista elaborou o termo circunstanciado e liberou a parte após ela ser ouvida e qualificada.

PUBLICIDADE