Hidratação é fundamental para prevenir doenças respiratórias

27/06/2018 04:00:00

É inverno. Mesmo que as temperaturas ainda estejam altas e o calor com tudo, estamos na estação mais fria do ano, que também é a que aumenta os problemas respiratórios das pessoas. Muito por conta do tempo seco que “destrói” a respiração de muitos e que buscam amenizar este sofrimento de diversas formas.

Com a queda da umidade relativa do ar - apontada como a principal justificativa para o crescimento de pacientes com problemas respiratórios – vem à tona os “ites” tão temidos pelas pessoas: rinite alérgica, rinossinusite, otite, além de pneumonia e asmas. Os casos são ainda mais frequentes em crianças e idosos e por isso, a atenção e cuidado devem ser redobrados.

Conforme matéria veiculada na edição de ontem, as pessoas se hidratam menos no frio e isso reflete na alta demanda em postos de saúde, farmácias, hospitais. Como diz o médico diretor-técnico da Na UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) do Conjunto Habitacional Ana Jacinta, Caio Lima, “grande culpa é do tempo seco do inverno que favorece a proliferação viral, ou seja, facilita a circulação de vírus e bactérias”.

Por isso, o ideal é, sempre, a prevenção. Para tal, há algumas situações que podem amenizar a dor e sofrimento de muitos. Quem não tem um umidificador de ar – que é um bom investimento para àquele que sofre com este tipo de problema -, pode dar um jeito com uma bacia de água e deixar no ambiente para ajudar no “alívio” do ar seco. O médico mesmo cita que as pessoas se hidratam menos no inverno, quando, na verdade, deveria ser o contrário. A hidratação é fundamental e é preciso tomar muita água neste período, principalmente à noite.

E, mesmo com as altas temperaturas, é importante também deixar o ar-condicionado um pouco de lado, pois o aparelho colabora ainda mais para secar o ar e deixar sua respiração ainda pior. A inalação, mesmo que seja apenas com soro fisiológico, ajuda a manter “os bons ares”. E, justamente para evitar a propensão de rinite alérgica, por exemplo, o cuidado com cobertores e artigos de inverno deve ser enfatizado nesta época, tendo em vista a aglomeração de poeira no guarda-roupa em que essas peças se localizam.

Esperar a chuva chegar e depender, exclusivamente, dela é quase que impossível, já que não há previsão para que ela passe por aqui tão cedo. Então, previna-se!

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste