em brasília

Grupo busca manutenção da Receita Federal em Prudente

  • 03/06/2019 15:20
  • Da Redação

Na manhã desta segunda-feira, foi realizada uma reunião com o objetivo da manutenção da Delegacia da Receita Federal em Presidente Prudente, já que existe a possibilidade de eventual transferência da unidade para Araçatuba. O encontro ocorreu na Superintendência do órgão em São Paulo, Capital. Segundo nota da Câmara de Prudente, o pedido será analisado.

A Câmara de Prudente foi representada pelo chefe do Legislativo, vereador Demerson Dias, Dermerson da Saúde (PSB). O encontro foi agendado pelo senador Major Olimpio (PDT), após pedido de entidades e representantes do Poder Público regional.

“A transferência da sede representaria um retrocesso para Presidente Prudente e toda a região do Oeste Paulista. Fora a questão do emprego, também tem o fato do desprestígio com nossa região, que já é uma das mais pobres do Estado de São Paulo”, destaca Demerson Dias. “Esperamos que esta decisão da possível mudança não seja levada a cabo. Por isso, unimos forças nesta manhã para tentarmos evitar esta situação”, acrescenta o presidente da Câmara de Prudente.

O encontro foi realizado com o superintendente da Receita Federal do Brasil em São Paulo, o auditor fiscal Giovanni Christian Nunes Campos.

Além do vereador prudentino, também estiveram presentes o senador Major Olimpio; o deputado federal Coronel Tadeu, o deputado estadual Ed Thomas; o prefeito de Presidente Prudente, Nelson Roberto Bugalho (PTB); o presidente da União dos Municípios do Pontal do Paranapanema (Unipontal), o prefeito de Presidente Venceslau Jorge Duran (PSD); e o prefeito de Marabá Paulista, Miguel Duarte Costa (PDT).

A Câmara Municipal foi convidada pela União das Entidades de Presidente Prudente (UEPP), por meio do presidente Marcos Lucas, que também se fez presente no encontro. E, ainda, o presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Presidente Prudente (Codepp), Marco Goulart; e o delegado regional do Conselho Regional de Contabilidade (CRC), José do Carmo Ferreira.

De acordo com o presidente da UEPP, o superintendente da Receita Federal em São Paulo “pediu para as autoridades um voto de confiança” em sua “reanálise dos projetos de alteração da receita” de Presidente Prudente para Araçatuba. “Ficou bem pontuado que nós não concordamos com a mudança. O senador teve uma posição bastante firme e também está conversando o com o Marcos Cintra [Secretário Nacional da Receita Federal do Brasil]. Assim, ficou do superintendente tentar readequar os planos de divisão, de maneira que a delegacia fique em Prudente. A expectativa é que nosso pedido, entidade e autoridades, seja atendido”, pontua Marcos Lucas.

Com Assessoria de Imprensa