Marcio Oliveira: João Célio: de aluno a professor do programa Cidadescola, é quem ministra a oficina

Foto: Marcio Oliveira: João Célio: de aluno a professor do programa Cidadescola, é quem ministra a oficina

Oportunidades

Grafite é tema de oficina na Igreja Nova Jerusalém, nos dias 25 e 26 de janeiro

O grafiteiro João Célio, que aprendeu a arte no programa Cidadescola, ministrará aula teórica e prática sobre grafitar, suas linguagens e elementos

  • 24/01/2019 08:00
  • OSLAINE SILVA - Da Redação

Pela primeira vez, nesta sexta-feira, às 18h, e sábado, às 9h, a Segunda Igreja Nova Jerusalém, do Jardim Paulista, em Presidente Prudente, promove uma oficina de grafite. A inscrição é um quilo de alimento, que será doado posteriormente para a Cristolandia, e deve ser feita pelo telefone 3903-7765. A aula teórica será em uma sala de aula nas dependências da igreja com o grafiteiro e artista plástico JC, João Célio da Silva Filho, 18 anos. Na parte prática da atividade os participantes farão um desenho no muro da Escola Municipal Dr. João Franco de Godoy, o Navio.

De acordo com um dos organizadores da ação, Itamar Xavier de Camargo, podem participar crianças acima de 7 anos, adolescentes e também adultos que apreciem a arte do grafite. “A ideia principal é que as crianças que ainda estão em período de férias possam aproveitar esse tempo em uma atividade legal até com seus familiares”, expõe Itamar.

 

“Costumo dizer que o programa me tirou do meio de muitas coisas ruins. Me deu uma profissão. E, atualmente, estudo Artes na Unoeste. Busco passar a mensagem de que a cultura salva, a arte salva porque eu fui salvo por ela”

João Célio

Grafiteiro e artista plástico

 

João adianta que em primeiro momento, na aula teórica fará uma introdução sobre o que é, algumas falas, gírias e os quatro elementos do grafite, onde entra o hip hop DJ, MC, happer e o BBoy. Será explicado também quais os tipos de materiais são usados, como se reproduz e aplica o desenho do papel para a parede. E, em outro momento, como já mencionado, a parte prática em que grafitarão um desenho no muro da Escola Municipal Dr. João Franco de Godoy, o Navio. O desenho que será pintado será definido durante a aula teórica.

João Célio conta que trabalha com grafite, como forma de profissão há três anos. Mas já desenvolve a arte há oito. Ele diz que o grafite entrou em sua vida quando estava com 10 anos de idade quando participava do programa Cidadescola, na Professora Juraci Meneses Peralta, no Humberto Salvador.

 

Arte que salva

João Célio menciona que já estava na quarta série, prestes a sair da escola para o ensino fundamental 2, mas ainda teve a feliz oportunidade de em dois meses poder participar do programa e conhecer a história, aprender um pouquinho das técnicas do grafite.

“Gostei muito praticar o grafite e senti de verdade, a vontade de um dia poder trabalhar com aquilo, dar aula. Comecei a estudar a partir de vídeos no youtube, aprendi um pouco mais com profissionais e não parei mais. Hoje volto ao Cidadescola, porque sou estagiário da Fundação Inova, mas como professor. Isso me deixa muito feliz. Costumo dizer que o programa me tirou do meio de muitas coisas ruins. Me deu uma profissão. Atualmente, estudo Artes na Unoeste [Universidade do Oeste Paulista]. Busco passar a mensagem de que a cultura salva, a arte salva porque eu fui salvo por ela”, enfatiza o jovem grafiteiro.

 

Recuperando vidas

Itamar expõe que a Cristolandia, entidade que receberá a doação dos alimentos arrecadados na inscrição, é uma casa para recuperação de dependentes químicos, que trabalha no intuito de recuperar essas vidas que adoeceram por causa das drogas.

“A Cristolandia sobrevive apenas de doações, assim como grande parte das instituições do país, precisa da ajuda da sociedade. Então, vamos lá ajudar”, frisa o organizador.

 

Serviço

A Segunda Igreja Nova Jerusalém fica na Rua Fernão Dias, 691, do Jardim Paulista, em Presidente Prudente. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3903-7765.