José Reis  - Escola Estadual Maria Luiza Formozinho Ribeiro utilizará valor para reformas elétricas

Foto: José Reis - Escola Estadual Maria Luiza Formozinho Ribeiro utilizará valor para reformas elétricas

EDUCAÇÃO

Governo injeta R$ 28,4 mi na reforma de 32 escolas da rede estadual na região

Programa Escola+Bonita terá obras de grande porte, com serviços de melhorias nas redes hidráulica e elétrica, além da inclusão de itens de acessibilidade nas unidades

  • 12/06/2019 04:03
  • GABRIEL BUOSI - Da Redação

A Secretaria Estadual da Educação anunciou o investimento de R$ 28,4 milhões em obras de melhoria de infraestrutura e reformas em 32 escolas da rede estadual da região de Presidente Prudente, por meio do programa Escola+Bonita (veja tabela). A execução começa neste ano e será feita através de convênio com a FDE (Fundação para Desenvolvimento da Educação), assinado na última semana. Para as unidades de ensino da região ouvidas pela reportagem, o dinheiro vem em boa hora e atenderá necessidades que são demandas requisitadas há anos pelas gestões locais.

No total, em todo o Estado, será investido R$ 1,1 bilhão em reformas de 1.384 escolas. O investimento ocorrerá de forma escalonada nos próximos três anos. Para 2019, estão previstas obras em 630 escolas, que custarão R$ 439 milhões. Em 2020, o governo do Estado vai destinar R$ 549 milhões para melhorias de infraestrutura de 660 unidades. Por fim, em 2021 haverá o investimento de R$ 109 milhões em 94 escolas.

“É o maior programa de reforma de escolas públicas já realizado no Estado de São Paulo. Óbvio que não atende a totalidade, mas supre as escolas cujo levantamento indicou como as mais prementes para as intervenções de reforma”, destaca o governador João Doria (PSDB). Todas as obras deverão ser licitadas e, no pacote, estão reformas da cozinha, banheiros, rede elétrica e hidráulica, além de inclusão de itens que garantam acessibilidade e manutenção nos dispositivos de segurança das escolas.

Valor bem-vindo

Mesmo sem a divulgação individual de valores, as escolas ouvidas pela reportagem se animam com o anúncio. A coordenadora pedagógica da Escola Estadual Maria Luiza Formozinho Ribeiro, em Prudente, Ângela Maria Lunhani, por exemplo, informa que há dois anos entrou em contato com o Estado para solicitar reformas na parte elétrica da unidade, o que poderá ser permitido a partir do repasse.

“Ainda não fomos notificados oficialmente, mas soubemos também que fomos beneficiadas. Temos um problema na energia que precisa ser reparado urgentemente, como as quedas constantes a partir do momento que ligamos ar condicionado, projetores e impressoras, por exemplo”. Ela relata ainda que uma visita foi realizada por meio de técnicos do Estado, que constataram a necessidade da obra. A unidade conta com aproximadamente 900 alunos entre o 6° ano do ensino fundamental e 3° do ensino médio.

Já na Escola Estadual Antônio Marinho de Carvalho, em Presidente Venceslau, a reivindicação é de obras na cozinha da unidade, que muitas vezes carece de espaços para a disposição dos mantimentos. “Mandei, inclusive, laudos da Vigilância Sanitária sobre a necessidade dessa obra. Mesmo não sendo notificados ainda, acredito que veio em boa hora, por sabermos que é uma medida necessária e importante para a qualidade do serviço oferecido”, comenta a diretora Miriam Denise Coelho. No local, 850 alunos são distribuídos entre o 6° ano do ensino fundamental e 3° do ensino médio.

 

ESCOLAS CONTEMPLADAS COM OS INVESTIMENTOS

ESCOLA

MUNICÍPIO

Fleurides Cavalini Menechino

Adamantina

Helen Keller

Adamantina

Angélica de Oliveira

Álvares Machado

Julieta Guedes Mendonça

Dracena

Hemilson Carlos Magrini

Emilianópolis

Paulo Coelho da Silva

Euclides da Cunha Paulista

Rita do Pontal

Euclides da Cunha Paulista

Guilherme Buzinaro

Flora Rica

Jose Firpo

Lucélia

Marabá Paulista

Marabá Paulista

Elmoza Antonio Joao

Mariápolis

João Gomes Martins

Martinópolis

Kosuke Endo

Mirante do Paranapanema

Zulenka Rapchan

Mirante do Paranapanema

Joao Brasio

Panorama

Lucio Antunes

Panorama

Orlando Guirado Braga

Paulicéia

Antonio de Carvalho Leitão

Presidente Epitácio

18 de Junho

Presidente Epitácio

Adelino Chuba Guímaro

Presidente Epitácio

Marina Amarante Ribeiro Vasques Sanches 

Presidente Epitácio

Fernando Costa

Presidente Prudente

Maria Luiza Formozinho Ribeiro

Presidente Prudente

Antonio Marinho de Carvalho

Presidente Venceslau

Hiroshi Shirassu

Presidente Venceslau

Anna de Mello Castriani

Regente Feijó

Hans Wirth

Salmourão

Santa Duarte D Incão

Santo Anastácio

Anibal Vitor Fava  

Santo Expedito

Salvador Ramos de Moura 

São João do Pau D’alho

Felício Tarabay

Tarabai

Arthur Ribeiro

Teodoro Sampaio

Fonte: Secretaria Estadual da Educação