Futuro das profissões

  • 08/11/2019 04:27
  • Juliene Aglio Parrão

Nas últimas décadas, o mundo do trabalho tem passado por diversas transformações. A tecnologia, a inovação e a necessidade de atualizações constantes exigem que o profissional busque uma formação para além de um diploma do ensino superior.

Não poderia deixar de falar da profissão que escolhi: o serviço social. O assistente social pode contribuir de diversas formas para a transformação social em muitos campos profissionais. 

E o que devo fazer para ser um profissional diferenciado? Abordaremos as cinco competências mais importantes para os próximos cinco anos, que o mercado de trabalho exigirá, não só para os assistentes sociais, mas para todos os profissionais.  

A primeira é a análise e resolução de problemas.  O profissional precisa aprender a resolver os conflitos entre as equipes, dos usuários dos serviços e os institucionais. Outra necessidade é a de desenvolvimento de criatividade e inovação. Ser criativo e inovador para propor respostas efetivas, que possam impactar e causar mudanças, será um grande diferencial.

O assistente social pode contribuir de diversas formas para a transformação social em muitos campos profissionais

Adaptação e flexibilidade são competências essenciais que permitem que o profissional se adapte aos mais diferentes cenários, interagindo, com maior facilidade e rapidez, com estas novas realidades.

Temos ainda o planejamento e a organização. Planejar, antever o futuro e organizar de forma rápida e objetiva as informações, propiciará a capacidade de racionalizar problemas e encontrar soluções que vão além das práticas óbvias. 

Por fim, a gestão de pessoas e a inteligência emocional. O gestor de pessoas deverá motivar, identificar talentos e desenvolver pessoas. Entre as características do profissional que tem inteligência emocional estão: saber ouvir, estar disposto a ajudar e ter autocontrole das próprias emoções.

A grande sacada dos próximos anos é pensar em carreiras que envolvam criatividade e relacionamento. Isso porque são funções que a inteligência artificial não consegue reproduzir com precisão. E não esqueça: construa uma rede de contatos (network), ela abrirá caminhos para sua carreira.

 

 

 

 

 

 

 

ÚLTIMAS DO AUTOR