Agência Publique: Presidente da ABCZ, Arnaldo Manuel Borges, entrega homenagem ao pecuarista, Antônio Renato Prata

Foto: Agência Publique: Presidente da ABCZ, Arnaldo Manuel Borges, entrega homenagem ao pecuarista, Antônio Renato Prata

RECONHECIMENTO

Fundador da Prata Agropecuária recebe homenagem

Para ABCZ, pecuarista contribuiu de forma significativa para a consolidação do zebu, pois é pioneiro na criação do Brahman e do Nelore Mocho

  • 11/09/2019 05:50
  • SINOMAR CALMONA - Reportagem Especial

Um dos mais tradicionais pecuaristas do Brasil, Antônio Renato Prata, que comanda a Prata Agropecuária há quase 60 anos, teve seu trabalho reconhecido pela ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu). Ele recebeu o Troféu 100 anos da ABCZ durante o 22º Leilão Fazenda Dois Irmãos, ocorrido no dia 31 de agosto, em Tarabai. A comenda foi entregue pelo presidente da ABCZ, Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges, que estava acompanhado da presidente das comissões ABCZ Mulher e Zebu do Bem e primeira-dama, Iara Marquez, e do vice-presidente da ABCZ, Cláudio Sabino de Carvalho Filho.

Segundo o presidente da ABCZ, Antônio Prata é um dos grandes criadores do país e um exemplo para as novas gerações. “Nada mais justo que homenagear, nesses 100 anos da ABCZ, um produtor que contribuiu de forma significativa para a consolidação do zebu, pois é pioneiro na criação do Brahman e do Nelore Mocho, e faz parte da história da associação”, destaca.

Formado em Agronomia e atuante há 75 anos na pecuária, Antônio Prata acaba de completar 90 anos e seleciona as raças zebuínas há quase seis décadas, sendo atualmente um dos poucos criadores brasileiros a selecionar a linhagem vermelha do Brahman. Pratinha foi o primeiro presidente do clube “Os Independentes”, que comanda a famosa Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos. “É uma honra ter meu trabalho reconhecido pela maior entidade de pecuária do país. Espero continuar contribuindo para esse avanço do zebu”, declara Antônio Prata, que tem propriedades em São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul, e também atua na pecuária seletiva com as raças bovinas Braford, Brangus e Nelore Mocho, e na pecuária comercial (cria, recria e engorda). A Prata Agropecuária cria, ainda, cavalos Quarto de Milha, cuja seleção é direcionada para animais de linhagem de trabalho – apartação.

 

Com colaboração do Grupo Publique