Frágil? Isso é um absurdo

  • 10/03/2020 04:37
  • DA REDAÇÃO

“Dizem que a mulher é o sexo frágil/Mas que mentira absurda/Eu que faço parte da rotina de uma delas/Sei que a força está com elas/Vejam como é forte a que eu conheço/Sua sapiência não tem preço”. Este trecho é da música “Mulher”, de Erasmo Carlos, que mostra o que toda mulher está cansada de saber: uma força inesgotável e de uma sabedoria que só este sexo pode oferecer. Domingo foi dedicado a todas as mulheres, assim como o mês de março todo é rendido homenagem a elas. Algo que deveria se estender por todos os dias do ano.

Na edição e domingo, O Imparcial fez uma merecida homenagem para todas as mulheres, contando histórias de fortaleza, superação e felicidade. Retratos de uma sociedade vivida por mulheres que sabem que, atualmente, podem fazer de tudo. Fazer o que quiserem. Ser o que sonham em ser.

Alta, baixa, magra, gordinha, branca, negra. Loira ou morena. Jovem ou mais madura. Não importa o perfil de cada uma. A mulher tomou conta do Brasil e do mundo. Sua presença é significativa em todos os segmentos, seja dentro de casa ou na diretoria de uma empresa. O sexo feminino, tido como não mais tão frágil assim, é extremamente importante na sociedade e, sem sombra de dúvidas, faz toda diferença. E o que seria desses homens sem a presença de uma mulher na vida deles? Seria, no mínimo, sem graça!

O Dia Internacional das Mulheres e a data de 8 de março são comumente associados a dois fatos históricos que teriam dado origem à comemoração. O primeiro deles seria uma manifestação das operárias do setor têxtil novaiorquino ocorrida em 8 de março de 1857 (segundo outras versões, em 1908). O outro ocorrido é o incêndio de uma fábrica têxtil na mesma data e na mesma cidade. Não existe consenso entre a historiografia para esses dois fatos, nem sequer sobre as datas, o que gerou mitos sobre esses acontecimentos. Porém, o que se tira disso é que as mulheres são pessoas de fibra e de coragem, que buscam seus objetivos e não temem por ir atrás de dias melhores.

A realidade de muitas mulheres nos dias de hoje e suas vitórias – mesmo sabendo que muitas conquistas precisam ser efetivadas - só comprovam aquilo que todos já têm conhecimento. As mulheres, que têm como vantagem a elegância e a simpatia, alcançam voos que só a feminilidade pode lhes proporcionar.