Viagem ao passado

Fotógrafo narra evolução de Presidente Prudente em mostra “Dos trilhos ao centenário”

Exposição produzida por Marcos Sanches em comemoração aos 100 anos da cidade agora é itinerante para chegar a todo tipo de público

OSLAINE SILVA - Da Redação • 13/09/2018 05:15:00

. Foto: Marcio Oliveira: Exposição com 18 painéis pode ser vista no museu até o dia 28 de setembro

Assim como o Museu e Arquivo Histórico Prefeito Antonio Sandoval Netto de Presidente Prudente ganhou de presente os painéis medindo 30 x 45 centímetros, que compõem a exposição “Dos Trilhos ao Centenário”, do fotógrafo Marcos Sanches, o Marquinhos, a direção da instituição resolveu dar a oportunidade de escolas municipais, estaduais, colégios particulares, faculdades e universidades, empresas e/ou qualquer tipo de entidade a terem a mostra em sua posse por 30 dias para apreciação do seu público. Detalhe, cidades vizinhas também podem receber a exposição, o que é interessante uma vez que Prudente acolhe, abraça milhares de visitantes, trabalhadores...

O trabalho de artes visuais composto por fotos foi produzido especialmente pelo profissional, que é funcionário municipal, como forma de homenagear o centenário da cidade, em 2017, retratando sua evolução em imagens fotográficas que revelam pontos históricos, com ênfase na arquitetura de como eram há décadas e como estão, hoje em dia.

De acordo com Valentina Terescova Romeiro Flores, diretora do museu, a mostra que já ficou exposta no Centro Cultural Matarazzo, Poupatempo, Prudenshopping e Expô Prudente 2017, está no local até o dia 28 em alusão aos 101 anos do município, celebrado neste 14 de setembro.

“Colocamos para itinerância para que o maior número de pessoas possa ter conhecimento desse belo trabalho que conta sim parte da história da nossa cidade. Nem todo mundo tem disponibilidade ou tempo para vir ao museu, então se a exposição pode ir até todo tipo de público, porque não? Para tê-la basta entrar em contato com agente e agendar”, expõe Valentina.

Marquinhos, não apenas um fotógrafo, mas um apaixonado pela arte que a sua profissão proporciona se alegra com a mostra circulando. “Enquanto fotógrafo entendo que um trabalho desses é importante não só para mim [que gostaria muito de ter vivido naquele tempo]. Mas, penso que também para outras pessoas. Particularmente acho muito interessante observar cada detalhe de como era a estação, por exemplo, e ver como está hoje”, frisa Marquinhos.

 

Filho de coração

Marquinho não um filho nato de Presidente Prudente, mas é sim um filho de coração. Natural de Cândido Mota, ele trabalha há mais de 35 anos na Prefeitura onde atua como fotógrafo da Secom (Secretaria Municipal de Comunicação).

Ele diz que em cada uma das imagens produzidas nos painéis fazem um saudosista resgate da história de Prudente, dentre elas as primeiras casas dos pioneiros no meio do nada, plantação de café, Matarazzo na década de 30, a primeira capela. Tem fotos antigas de ruas. Momentos importantes como a visita do presidente Washington Luiz. Ou seja, para os mais velhos uma viagem ao passado e para os mais jovens a oportunidade de conhecer um pouco da história do município, por meio das fotos.

Como mencionado em outra ocasião neste jornal diário, Marquinhos destaca que a paixão pela fotografia é algo que ele traz lá da sua infância. E que há quase 30 anos virou sua profissão.

 

(((OLHO)))

“Enquanto fotógrafo entendo que um trabalho desses é importante não só para mim [que gostaria muito de ter vivido naquele tempo]. Mas, penso que também para outras pessoas. Particularmente, acho muito interessante observar cada detalhe de como era a estação, por exemplo, e ver como está hoje”

Marcos Sanches,

fotógrafo

 

Serviço

Quem quiser visitar a exposição neste mês, no Museu e Arquivo Histórico Prefeito Antônio Sandoval Netto, o horário de funcionamento é das 8h as 12h e das 13h as 17h. A entrada é gratuita.


 

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste