Pedro Silva - Camila e Samara estão focadas nos estudos para, em novembro, prestar o Enem

Foto: Pedro Silva - Camila e Samara estão focadas nos estudos para, em novembro, prestar o Enem

PREPARATIVOS

Foco no Enem

Estudantes que desejam ingressar em uma instituição de ensino superior dividem o tempo entre tarefas, lazer e estudos em busca de um futuro melhor a partir da educação

  • 19/10/2019 09:57
  • PEDRO SILVA - Especial para O Imparcial

Nos dias 3 e 10 de novembro são realizadas as duas etapas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), que pode garantir uma vaga em instituições de ensino superior particulares do país por meio do Prouni (Programa Universidade para Todos) ou Fies (Financiamento Estudantil), e nas públicas por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada).

A prova, como seu nome sugere, é voltada aos alunos do ensino médio, principalmente do último ano letivo. Durante os dois finais de semana da prova, os alunos têm a oportunidade de mostrar seus conhecimentos nas áreas de ciências humanas, exatas e biológicas, além de linguagens com questões de língua portuguesa e estrangeira (inglês ou espanhol), e a redação, temida por muitos, pois não pode ser zerada (ter nota 0), e é item obrigatório nos processos de seleção para os programas acima citados.

Os alunos do ensino médio da Escola Estadual Professora Mirella Pesce Desidere, de Presidente Prudente, por exemplo, já estão se preparando para essa etapa, e contam um pouco como estão as expectativas para a prova.

Camila Nunes Ferreira e Samara Silva da Costa cursam o último ano do ensino médio. As duas, no ano passado, prestaram a prova para conhecer e se preparar para este ano. “Eu pretendo cursar estética e cosmética”, comenta Camila. “Eu ainda não tenho certeza, mas quero algo na área da saúde”, completa Samara.

ROTINA DE

ESTUDOS

As estudantes dividem seu tempo livre entre os estudos, tarefas e lazer. Camila comenta que estuda mais no período da tarde, já Samara sempre que pode está coletando informações para aprender e se preparar para o exame. “Nós temos que saber dividir o tempo, para não ficarmos sobrecarregadas com os estudos”, pontua Camila. “Acabamos abrindo mão de coisas que gostamos muito para buscar um futuro melhor”, reponde Samara.

EXPECTATIVAS

PARA O EXAME

“Eu espero ler a prova com calma, com a cabeça mais leve”, declara Samara. As duas estão preocupadas com a redação. “As matérias que nós somos melhores são exatas, física, química e biologia”, diz Camila. Elas apostam em temas voltados para o meio ambiente, ou causas sociais para a dissertação.

Segundo as alunas, os professores estão ajudando na rotina de estudos, aplicando temas plausíveis de serem abordados, e realizando atividades de redação na sala de aula. “Recentemente tivemos um ‘aulão’ para reforçar as matérias, sem contar que a escola vai disponibilizar um simulado do Enem, e isso ajuda muito, ainda mais para quem nunca prestou a prova”, pontua Samara.

“A minha família tenta ter mais paciência comigo, porque querendo ou não eu fico mais nervosa e estressada”, comenta Camila sobre a relação com os familiares na época de estudos. “Eles me dão muito apoio, dizendo até mesmo que eu não preciso entrar agora em uma faculdade”. “Minha família gostaria que eu passasse logo, por isso me dá todo o apoio para isso”, acrescenta Samara.