José Reis - População local destaca vizinhança tranquila e confiável

Foto: José Reis - População local destaca vizinhança tranquila e confiável

Vila Iti

Fiel e enraizada, população idosa é predominante, dizem moradores

  • 28/10/2018 05:40
  • ANDRÉ ESTEVES - Da Reportagem Local

Embora apresentem queixas acerca da linha férrea, moradores da Vila Iti, em Presidente Prudente, não trocariam o bairro por nenhum outro. Prova disso é que a população desta área é predominantemente idosa, ou seja, fixou raízes e envelheceu no local. O aposentado Otacílio Sabino da Silva Filho, 52 anos, relata que, por esta razão, a vizinhança é “muito tranquila e amigável”. “Aqui é tão sossegado que o maior incômodo acaba sendo barulho de moto”, conta. Acrescenta que sua filha mora em Porto Seguro (BA) e já o convidou para morar na cidade, mas ele declinou. “Não saio daqui. É o melhor bairro de Prudente”, comenta.

O comerciante Hélio Alves dos Santos, 45 anos, é proprietário de um bar, portanto, conhece grande parte dos moradores, os quais, segundo ele, são de fato da terceira idade. “Por isso, é uma vila muito pacífica e oferece um nível de vida muito bom”, denota. Em relação aos serviços públicos, aponta que, na área da saúde, os munícipes têm como opção a UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim São Pedro. Já em termos de lazer, a área conta com um ginásio de esportes.

O aposentado Antonio Marques da Silva, 78 anos, reside na Vila Iti desde 1971 e brinca que só pretende sair quando “chegar a hora de ir para o cemitério”. Ele destaca que uma das principais vantagens de morar ali é a proximidade com o centro, o que lhes permite um deslocamento rápido e fácil. “Além disso, temos aqui um pessoal muito confiável. Como são pessoas de longa data, todo mundo se conhece”, afirma.

O aposentado Vitório Cales, 62 anos, acredita que, como qualquer outro bairro, a Vila Iti tem problemas pontuais, mas que, ao encontrá-los, costuma acionar a Prefeitura para resolvê-los. Fora isso, é possível viver naquela localidade de forma confortável. “Grande parte dos moradores tem moradia própria e, com isso, está aqui há muito tempo. Pelo o que a gente observa, são pessoas muito boas”, avalia. O aposentado Elsias de Araújo Lima 79 anos, também elogia a pacatez do local. “Esta é a vila mais gostosa que existe em Prudente”, considera.