Expô Prudente conta com 40 expositores em diversas áreas

Nos setores da agropecuária, nutrição e gastronomia, evento reúne produtores da região; entrada solidária em prol de entidades ligadas à Feapp também é uma das novidades desta edição

IZABELLY FERNANDES - Especial para O Imparcial • 13/09/2018 08:09:00

Culinária mineira, com destaque para as cachaças, é um dos destaques da Expô. Foto: Cedida/José Marcelo Elorde

A 55ª Expô Prudente, que ocorre em comemoração ao aniversário de 101 de Presidente Prudente, neste ano conta com cerca de 40 expositores de diversos setores do ramo da agropecuária, tecnologia, nutrição animal, gastronomia, matérias-primas sustentáveis e pesquisas e orientações a produtores rurais. Empresas e produtores do município e região atuam juntos a fim de fomentar a divulgação e as inovações de seus produtos no evento. Além disso, neste ano, a Expô conta com a entrada solidária, em prol das entidades conveniadas com a Feapp (Federação das Entidades Assistenciais de Presidente Prudente), atual organizadora na festa. O evento segue até sábado, e é realizado no Recinto de Exposições Jacob Tosello.

O evento trouxe também expositores de outros Estados do Brasil, como José Marcelo Elorde, 38 anos, que veio da cidade Piumhi, Minas Gerais, a fim de divulgar as especiarias da gastronomia mineira. “Essa experiência proporciona uma forte troca de conhecimento cultural com os produtores da região, além de fortalecer a nossa produção e divulgar o nosso negócio”. O produtor levou para a exposição cerca de dez tipos de cachaças saborizadas, como as de pequi e de rapadura. “A cachaça mineira é envelhecida no barril de carvalho inglês e filtrada no carvão vegetal, que possibilita a retirada de todo o resíduo do bagaço da cana, tornando-a mais aveludada”, explica. Além disso, José levou diversos tipos de queijos com sabores variados, como também 52 tipos de licores gourmet, tequilas artesanais, salames e linguiça.

No setor de agropecuária, a exposição conta com a presença da empresa Bonanza Tratores & Implementos, da cidade de Junqueirópolis, que apresenta inovações de tratores voltados para a agricultura familiar e de suplementação mineral para animais. De acordo com o diretor de marketing da empresa, Silvio Vicente de Azevedo, os tratores são voltados para pequenas e médias propriedades, de até 80 cavalos. “Esses equipamentos possuem um baixo custo de manutenção e de consumo de combustível por hora, facilitando a rotina do produtor”. Nos produtos nutricionais, a empresa levou à Expô uma novidade de suplementação animal que consiste em uma ração que não necessita de água e pode ficar sempre disponível nos cochos. “O feedback tem sido muito bom, resultando em muitos cadastros e inclusive interesse de pessoas que não atuam no segmento”, aponta.

A Unoeste (Universidade do Oeste Paulista), por sua vez, apresenta no evento os cursos de Agronomia, Agronegócio, Medicina Veterinária e Zootecnia, com a participação de mais de 100 alunos. Segundo um dos professores responsáveis pelo estande da instituição, José Luís de Lima Astouphi, há mais de 10 anos a universidade participa da exposição, com o intuito de promover a integração entre os alunos e o mercado de trabalho, além de divulgar as pesquisas da área e os trabalhos da instituição. Estão em exposição mudas de diversos tipos de plantas, alevinos (filhotes de peixes), animais embalsamados e doce de leite produzidos na unidade. Além disso, o estande conta com a demonstração da cadeia produtiva da batata-doce, como também um anuário agrícola pecuário para consulta e orientações dos produtores sobre preços e detalhes do comportamento agropecuário regional. “A novidade deste ano é a atração do touro mecânico, que tem movimentado um grande público de jovens e crianças”, declara.

Entrada solidária

Neste ano, a Exposição de Presidente Prudente conta com a organização liderada pela Feapp. A parceria com Prefeitura de Presidente Prudente surgiu como uma forma de auxílio para arrecadação de fundos para as entidades da cidade. Para isso, surgiu a ideia da entrada solidária, que consiste numa contribuição simbólica de R$ 1 na chegada do evento. De acordo com o presidente da instituição, Floriano Ielo, até o momento foram arrecadados em torno de R$ 14 mil.

“Esse valor será repassado para todas as entidades da federação, a fim de contribuir para o trabalho delas na nossa região”, afirma Floriano. Ao todo, 35 entidades compõem a Feapp, como a Casofa (Casa da Sopa Francisco de Assis), Casa do Aprendiz Cidadão, Vila da Fraternidade, Associação Tra Noi, Vicentinos, Afipp (Associação de Apoio ao Fissurado Lábio Palatal de Presidente Prudente), SOS (Serviço de Obras Sociais), Lar Santa Filomena, Creche Anita, Creche Walter Figueiredo, AAPC ( Associação de Apoio ao Portador de Câncer), entre outras

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste