Largada da prova, na base das montanhas do vilarejo de Tianjin, a 120 km de Pequim

Foto: Largada da prova, na base das montanhas do vilarejo de Tianjin, a 120 km de Pequim

MURALHA DA CHINA

Experiência desafiadora sobre 5.165 degraus apontados para o céu

Maratona na fortificação que um dia guardou as fronteiras do Império chinês reuniu 3 mil corredores de todo o mundo

  • 23/05/2019 08:50
  • Sinomar

SINOMAR CALMONA

De Tianjin China

Correr sobre uma das 7 Maravilhas do mundo é experiência única, sensacional,  traz sensações distintas. Inimigo a vencer não é a distancia, mas os impiedosos 5.164 degraus e rampas inclinadas de até 75 graus, em uma elevação que vai de 200 a 493 metros.

A Maratona da Muralha da China é uma das mais difíceis do planeta. A edição de 2019 atraiu 3 mil corredores de 28 países, entre eles 48 brasileiros. O percurso é árduo, recompensado por paisagens de tirar o fôlego.

Na concentração, os corredores assistem apresentações culturais chinesas e o grito de guerra do povo maori.

A largada é dada quando o sol começa vencer as montanhas, as 7h30 da manhã de sábado, 18 de maio, em 4 ondas com intervalo de 10 minutos para reduzir o congestionamento nos pontos estreitos da muralha. O lugar é Tianjin, vilarejo rural a 120 km de Pequim.

Uma neblina cobre a região e mantém a temperatura por volta de 18 graus, ótima para correr.

O percurso começa subindo, serpenteando a montanha, passando por vilarejos, campos de arroz e fazendas, contato direto com a China rural e sua amável população que sai às ruas para aplaudir e incentivar os maratonistas. É gente simples que habita uma região remota da China e que quase nunca vê visitantes.

São comunidades rurais pobres, mas sem favelas à vista. As casas pequenas, de tijolos, se empilham em ruelas que cruzam a via principal.

Em uma estreita estrada de chão batido, margeiam um rio seco, vazio. No leito sem água, um pastor leva suas cabras pelas pedras. Do outro lado casas simples e pequenas lavouras desafiam o terreno íngreme.

As crianças fazem a festa, cumprimentam os visitantes, gritam um "hello" cantado, a que os estrangeiros respondem com "ni hao!" em chinês castiço.

Fora da área urbana, há plantação dos dois lados da estrada. De vez em quando, ouve-se o canto de um pássaro tal qual os relógios: "Cuuu-co".

Em outro vilarejo, ao lado da agricultura, a criação de porcos é fonte de renda. À beira da estrada, grandes chiqueiros, antes da entrada da cidade. Diferentemente do que acontece no interior brasileiro, a comunidade não se forma a partir da igreja. Na região chinesa, escola e hospital são os prédios maiores, mais enfeitados.

Após 4 km, o cortejo de corredores entra na muralha o trecho mais difícil da maratona, afinal, até completar a prova terão que superar 5.164 degraus de variados tamanhos e dimensões. Motivação de todos é correr sobre um dos monumentos culturais e históricos mais espetaculares do planeta, maravilha arquitetônica construída durante 20 séculos e varias dinastias imperiais, com objetivo de defender a China das invasões dos inimigos hunos, mongóis e Manchus.

A imponente e bela muralha serpenteia pelas montanhas do território subcontinental do Norte da China. É a mais longa estrutura construída pelo homem, chegando a 21 mil quilômetros.

Contam que mais de 1 milhão de chineses morreu trabalhando na sua construção. Ergueram uma das 7 maravilhas do mundo antigo. Hoje a maior parte está semidestruída, mas o governo chinês recuperou alguns trechos e abre para visitação dos turistas.

As primeiras escadarias são uma beleza, com degraus em tijolos cinzentos. Os pontos de descida mais íngremes estão marcados com tinta branca. Com a mesma profundidade, os degraus em cada lance não são da mesma altura.

Apesar de difícil, o percurso é mais ou menos normal até a torre que marca o ponto mais alto do percurso sobre a muralha, cerca de cem metros acima do local em que os corredores entraram. A partir daí, o piso é de rochas irregulares. As passagens são estreitas, as descidas são íngremes, escorregadias, e em vários pontos não há paredes.

Começam os trechos de fila indiana. Encostados no paredão, agarrados a um corrimão improvisado, os corredores tentam ficar o mais longe possível do lado onde não há proteção – as paredes da muralha têm em média dez metros de altura, ao lado de verdadeiros abismos. Nesse trecho não há como correr. O perigo de acidentes é grande. Todos caminham em fila indiana ate chegar ao fim do primeiro trecho.  

Física e mentalmente desgastante, a Maratona da Muralha da China fadiga os corredores logo no início das suas escadarias monumentais. É muito tempo subindo e descendo escadas com degraus tão íngremes, irregulares e traiçoeiros.  Esgotados, alguns sentam nos degraus, outros caminham. Alguns se machucam, outros desmaiam esgotados, e são retirados da prova, carregados em macas pelas equipes de socorro espalhadas por todo trajeto da muralha.

Em matéria de dificuldades, esta maratona supera todas as outras, mas é a mais bonita: as paisagens são de tirar o fôlego. O cenário é histórico, milenar, lindo, cinematográfico, espetacular e gigantesco. Um mergulho na história, não só da China, mas da própria humanidade.

A organização da prova estipulou tempos limites para os participantes. A prova seria encerrada com tempo limite de 8 horas.

Concentrei no foco: a chegada. Vi-me com a medalha nas mãos. Busquei força mental, lembrando o treinador Eliseu Sena, que sempre diz “a cabeça é o músculo mais importante que se tem numa Maratona”. Aquela hora que um quilômetro parece que nunca passa... Mas degrau por degrau, cheguei lá.

Corpo tremia de emoção e felicidade ao cruzar a linha de chegada. O esforço valeu a pena: mera conquista de um maratonista amador, mas grande orgulho de ter concluído. Nunca esquecerei o que passei, as dores dos últimos degraus... sei que isso me fortaleceu. 

Não me sinto melhor que ninguém, mas saí daquela muralha mais forte e resistente para outras provas e para a própria vida.

Só sei que posso alcançar tudo que sonhar, desde que trabalhe muito duro para isso.

Enfim, trago na bagagem, além da medalha, a satisfação e a experiência única de correr na maior fortaleza do planeta. Passar por aldeias chinesas e pelos campos de arroz, e crianças dando High- Five (toque de mãos) ficará marcado para sempre na minha mente!

Subindo os 5.164 degraus: maratona de resistência

Muralha da China: cenário histórico, cinematográfico e gigantesco

Bom dia

Deseje o bem que o resto vem

Batatec

Contagem regressiva para o início oficial da 2ª Feira Tecnológica da Batata- Doce – a Batatec, evento que promete atrair mais de 20 mil pessoas ao Centro de Eventos do IBC entre os dias 14 e 16 de junho.

Participação

De acordo com o organizador da Batatec 2019, Marcelo Costilho Jorge, nessa edição  o público poderá sugerir receitas doces ou salgadas, desde que sejam originais e à base de batata-doce. Os melhores pratos serão revelados durante o evento e ganharão prêmios em dinheiro, além de vales-compras.

Nos EUA

Toledo Prudente está representada na Inter American Human Rights Moot Court Competition, que ocorre essa semana na American University, em Washington – EUA. A Toledo Prudente possui no histórico, 10 participações consecutivas, tendo alcançado o melhor resultado brasileiro na competição internacional com o título de Melhor Orador em Português concedido ao então participante, João Victor Mendes de Oliveira.

Prof. Lancha Jr

As dietas foram o principal destaque da conferência de nutrição do professor Lancha Jr na Unoeste. Estiveram presentes mais de 90 participantes. O professor Lancha Jr. afirmou que as dietas restritivas funcionam e são utilizadas por tempo limitado, por isso o resultado é apenas temporário. Por outro, o coacheing nutricional propõe mudanças no comportamento alimentar que tendem a perdurar. Foi também abordada a nutrição esportiva e os erros nutricionais comuns cometidos pelos praticantes.

Heal the world

A 98 FM levará 20 ouvintes para assistir o show tributo ao cantor Michael Jackson, dia 07 de junho, no Teatro Paulo Roberto Lisboa, no Matarazzo. Para concorrer é só doar 1 agasalho novo ou em bom estado na recepção da rádio – Rua Siqueira Campos, 699 Centro.  Cada peça é trocada por um cupom. Os sorteios terão início no dia 27 de maio. O show tributo ao eterno Rei do Pop é interpretado por Rodrigo Teaser, que tem no seu currículo várias aparições em programas de TV e shows por todo o Brasil e exterior, ele é o cover oficial reconhecido pela Sony Music e já foi convidado para representar a América Latina no show 30th Years of Magic, em homenagem a Michael Jackson, em Nova York.

PARTICIPAÇÃO Ana Luiza Fuji e Guilherme Sanchez representam a Toledo Prudente na Competição de Julgamento Simulado do Sistema Interamericano de Direitos Humanos, que acontece nos Estados Unidos.

REGISTRO Professor Lancha Jr. com os professores Pita Pierucci e Jair Garcia Jr, organizadores da conferência sobre Nutrição, na Unoeste

PROFESSORES  Patricia Antunes, Lancha Jr., Erico Martins, Leticia Oliveira e Jair Garcia Jr., todos do CrossFit Damha, na conferência sobre Nutrição, na Unoeste

EM BRASILIA O Presidente da Sicredi Rio Paraná, Jorge Guedes e a assessora de comunicação e marketing da Sicredi, Carolina Mussolini, durante o 14 CBC Congresso Brasileiro de Cooperativismo

SEGURANÇA

HRCPP conta com moderno

sistema de monitoramento

O HRCPP (Hospital Regional do Câncer de Presidente Prudente) instalou um Sistema de Monitoramento moderno com infraestrutura de confiança, já homologada, e com especificações técnicas que atendem a demanda da instituição.

Segundo a equipe de Tecnologia de Informação (TI.) do HRCPP, trata-se de um circuito fechado de monitoramento com iluminação infravermelha, com cada câmera com alta abrangência de imagens diminuindo os pontos cegos do ambiente.

“Possuímos tanto câmeras panorâmicas quanto focadas/direcionadas para pontos estratégicos caso precisem ser auditados. Foram alocados gerenciadores de mídias dedicados que podem gerar relatórios e buscas avançadas de auditoria levando em consideração informações como hora, local e evento a ser buscado”, afirma Alice Moreira, estagiária de T.I.

Tendo como base as boas práticas, toda infraestrutura foi implantada de modo discreto e tanto os componentes físicos quanto os virtuais têm uma periodicidade de manutenção preventiva para dar mais confiança e disponibilidade do monitoramento.

O estacionamento do hospital também passará por uma readequação em busca da otimização e melhoria da qualidade do serviço para os frequentadores do local.


RAPIDINHAS

...

Em média, uma pessoa verifica seu celular 150 vezes por dia.

...

Yasmin Santos, revelação musical do momento, fará o segundo show da Expo Prudente 2019.

...

Programação da Aviashow 2019 começa amanhã cedo, com a chegada dos expositores e credenciamento.

...

Abertura formal da Aviashow 2019 ocorre às 14h da sexta-feira, com show de paraquedismo.

...

O grande fluxo de chegada dos aviadores visitantes é aguardado para sábado cedo, no Aeroparque José Martins.

...

Xando Natsumi coordena hoje a primeira reunião da câmara de Tecnologia e Inovação do Codepp (Conselho de Desenvolvimento de Presidente Prudente).

...

Ponto final: Em frente ou enfrente.

 

Sinomar

Sinomar

A coluna Sinomar Calmona traz imagens e informações sobre os principais eventos sociais que acontecem em Presidente Prudente e região, além de notas jornalísticas de prestação de serviço e curiosidades.

PUBLICIDADE