Expectativas

  • 06/10/2019 04:47
  • Sandro Rogério dos Santos

Uma cultura de excelência. A sociedade exige, a família e os superiores forjam-na. Nesse esquema, um problema seria as expectativas criadas. Vejamos a estória do açougueiro que surpreendeu-se ao ver um cachorro entrar em sua loja.

Espantado, o cão logo voltou; trazia um bilhete na boca: “favor me mandar 12 salsichas e 1 pernil de carneiro”. Com o bilhete, uma nota de 100 reais. Pegou o dinheiro, separou as salsichas e o pernil, embalou-os junto com o troco e pôs na boca do cachorro. Impressionado - fechando a loja -, o açougueiro seguiu o animal, que desceu a rua; no cruzamento deixou a bolsa no chão, pulou e apertou o botão para fechar o sinal; esperou pacientemente com o saco na boca até que o sinal fechasse e ele pudesse atravessar a rua.

Ambos caminharam até o cão parar numa casa. Este pôs as compras na calçada, correu e atirou-se contra a porta algumas vezes, mas ninguém lhe respondeu. O cão circundou a casa, pulou a mureta, foi à janela e com a cabeça bateu várias vezes no vidro. Depois, na frente... alguém abriu a porta e começou a bater no cachorro. O açougueiro censurou-o: — “Por Deus do céu, o que você está fazendo? O seu cão é um gênio”. — “Um gênio!”? – retorquiu a pessoa – Já é a segunda vez, esta semana, que esse estúpido esquece a chave!”.

Conhecer-se (que é um processo perene) e saber-se do que é capaz são formas de vencer os reveses da vida e o juízo apressado

A estória nos faz pensar no quotidiano e nas nossas excessivas expectativas. Pais esperam muito de seus filhos e filhos, dos pais; gestores, dos colaboradores e vice-versa. Mas, os olhares alheios nem sempre nos fazem bem. Conhecer-se (que é um processo perene) e saber-se do que é capaz são formas de vencer os reveses da vida e o juízo apressado.

Expectativa – do latim expectatum, “aguardado” ou “em vista” – é a esperança de conseguir ou de realizar algo. A possível frustração se dá na proporção das expectativas criadas. Assim, se possível, evitemos excessivas expectativas sobre nós e os outros. Reconheçamos o quanto o outro é e faz de bom, mesmo que não faça o nosso gosto.

Seja bom o seu dia e abençoada a sua vida. Pax!!!

 

 

 

ÚLTIMAS DO AUTOR

Dulce

  • 13/10/2019 06:10

Santos padroeiros

  • 29/09/2019 04:10

Francisco e a misericórdia

  • 22/09/2019 04:29
Sandro Rogério dos Santos

Sandro Rogério dos Santos

Sandro Rogério dos Santos é pároco do Santuário Diocesano Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, situado no Jardim Maracanã, em Presidente Prudente.

Contato: padre@santuariosantateresinha.com

PUBLICIDADE